HOMEM MORRE APÓS SER ESFAQUEADO NA BARRIGA PELO GENRO: PAI DEFENDIA A FILHA DE AGRESSÃO DO MARIDO

  • Genro foi preso; ele tentou fugir, mas foi impedido com agressão por participantes da festa junina onde ocorreu o crime

 

SÃO FRANCISCO (por Oliveira Júnior) – Tragédia para uma família nesse período de festividade junina no Norte de Minas. Um homem foi assassinado ao ser atingido por golpe com faca efetuado pelo genro. Isso aconteceu em São Francisco, no Norte de Minas. A vítima foi a óbito na madrugada de hoje, quinta-feira, 24 de junho, dia de São João.

Uma equipe do Samu entrou em ação e levou Nenilson Leal Macedo, de 57 anos, ao pronto socorro, porém ele não resistiu. A polícia apurou que a família participava de festa junina no povoado de Porto Velho, onde o genro de 27 anos discutia com a esposa. Ao presenciar a cena, a vítima foi em defesa da filha e acabou sendo golpeado pelo genro.

O sogro foi atingido na barriga com golpe de faca. Diante da gravidade do ferimento, uma vez que houve exposição das vísceras, a vítima foi encaminhada às pressas num veículo para a cidade de São Francisco.

O atendimento feito pelos socorristas do Samu foi na travessia do rio São Francisco momento em que o veículo com a vítima utilizava o serviço de balsa para chegar a esta cidade. O paciente se encontrava em parada cardiorrespiratória.

O genro foi preso ainda na comunidade onde teve a fuga impedida diante da reação de participantes do evento. De acordo com informações da Polícia Militar, o acusado do crime teve que ser conduzido para o hospital de São Francisco com escolta policial diante de ferimentos provocados pela reação de participantes do evento junino no povoado.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID