MORRE O PRODUTOR RURAL E EX-VEREADOR MARCÃO DO QUEM QUEM

  • Ele foi o “embaixador de Janaúba” na capital federal em busca de recursos para o município

 

  • Marcão do Quem Quem foi quem conseguiu a instalação do dessalinizador, através do qual a população do distrito tem água de boa qualidade

 

Foto álbum pessoal

Marcos Rômulo Alcântara, o Marcão do Quem Quem.

 

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – O produtor rural Marcos Rômulo Alcântara, o Marcão do Quem Quem, faleceu no início da manhã desta quarta-feira, dia 10 de fevereiro. Aos 65 anos de idade, ele não resistiu à enfermidade contraída pelo câncer que tinha há algum tempo e o dificultava em alimentar assim como provocava dores.

Jeito brincalhão, mas determinado em busca de soluções, Marcão do Quem Quem, como era mais conhecido, foi vereador pelo município de Janaúba. Antes de ingressar na política eletiva, ele se mobilizava em favor do município, sobretudo do distrito de Quem Quem. Na eleição de 1992 foi eleito vereador.

Inquieto na atitude de ir em busca de conquistas para as comunidades, Marcão do Quem Quem dividiu o mandato de vereança com a função de articulador do município em Brasília-DF tendo, inclusive, obtido benefícios para Janaúba. Na época, o prefeito Edilson Brandão Guimarães incumbiu ao vereador licenciado Marcos Rômulo a missão de “embaixador” de Janaúba na capital federal em busca de recursos para o município.

Mesmo circulando nos grandes centros urbanos, onde mantinha contatos políticos e empresariais, Marcos Alcântara tinha os olhares e os pés fincados para o Quem Quem e para o município janaubense. A preocupação dele era constante diante das necessidades do distrito. Não mediu esforços e foi em adiante para minimizar o drama dos moradores com relação ao acesso à água potável.

Carregava consigo, em seu nome, a denominação da comunidade. E fez jus na utilização do nome Marcão do Quem Quem. A comunidade foi contemplada com a instalação do dessalinizador com o intuito de tratar a água servida para a população. Esse benefício foi uma conquista do Marcão que mantém raízes no distrito.

Marcão ultimamente dedicava-se ao campo. Administrava a propriedade agrícola no município de Francisco Sá. Mas, devido à enfermidade, afastou-se dos afazeres que gostava. Nesta quarta-feira, dia 10, ele deu o último suspiro. Estava na casa de uma das filhas onde recebia a assistência familiar.

O velório e sepultamento do produtor rural e ex-vereador Marcão do Quem Quem será em Montes Claros, onde residia há algum tempo. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID