HOSPITAL REGIONAL DE JANAÚBA SUSPENDEU ONTEM, DIA 13, O PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAR 170 PROFISSIONAIS DE SAÚDE, INCLUSIVE PARA A ÁREA DA COVID-19

  • Será criada uma nova comissão para avaliar possíveis inconsistências nos dados dos aprovados, pois 3 dos 4 membros da comissão anterior estão afastados mediante atestado por motivos diversos 

  • Direção do hospital efetuou hoje o pagamento da 1ª parcela do 13º salário de 2020 

  • Funcionários reivindicam o depósito do FGTS que não acontece há mais de 5 anos 

  • E também a concessão do adicional de insalubridade de 40% para profissionais que atuam em área de risco; pagamento das horas extras e implantação do plano de cargo e salário 

Foto Oliveira Júnior/2018

Hospital Regional de Janaúba, unidade que abrange uma região com quase 300 mil habitantes. 

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A direção da Fundação Hospitalar de Janaúba decidiu nessa quinta-feira, dia 13 de agosto, pela suspensão do processo seletivo visando a contratação de 170 profissionais para atuarem em diversas áreas no Hospital Regional, inclusive no setor de atendimento a pacientes com suspeita ou que testaram positivo para a Covid-19. Não foi definida data para a continuidade do processo e contratação dos aprovados.

A direção informou, através de comunicado no site do hospital, que a suspensão do processo seletivo e da contratação de pessoal é devido a possíveis inconsistências nos resultados e também a novas solicitações de análises pelos participantes do processo seletivo que teve o prazo de inscrição finalizado no dia 6 de julho ( confira AQUI) e o resultado final foi divulgado no início de agosto.

Esse processo seletivo emergencial de profissionais tem como finalidade a complementação da força de trabalho no Hospital Regional de Janaúba, visando o atendimento à população no combate à pandemia do novo coronavírus. Entre as 170 contratações previstas são 86 técnicos de enfermagem e 21 enfermeiros, além de copeiras, assistente social, maqueiros, recepcionista, auxiliar de serviços, entre outros, com salário variando de  R$ 1.045,00 + 40% de insalubridade (salário final na faixa de R$ 1.463,00) até R$ 3,6 mil, já inclusa a insalubridade de 40%.

Foi decidido na reunião de ontem, quinta-feira, pela criada de uma Comissão de Revisão dos documentos apresentados pelos participantes. A nova análise será feita por causa de possíveis contradições de dados e ainda pelo fato de que três dos quatro membros da Comissão do Processo Seletivo se encontram afastados mediante atestado e/ou licença por motivos diversos. A direção da Fundação Hospitalar de Janaúba não anunciou data da criação da nova comissão para analisar os documentos e nem a previsão de quando iniciará a contratação dos aprovados para ajudar na força de trabalho que vem sendo desempenhada pelos profissionais de saúde que atuam no hospital, sem considerar que há um número considerável de funcionários afastados por motivos de saúde.

13º SALÁRIO DE 2020, PRIMEIRA PARCELA PAGA

No final da tarde desta sexta-feira, dia 14 de agosto, foi efetuado o pagamento da primeira parcela do 13º salário de 2020 aos funcionários do Hospital Regional de Janaúba. Isso ocorreu por causa do recebimento de repasse de recursos que é devido ao Hospital pela prefeitura. Até então, nessa unidade de saúde pagava-se, opcionalmente, a antecipação de parte do 13º salário na data de aniversário do funcionário e a outra parte no final do ano.

FGTS E INSALUBRIDADE DE 40%

Mesmo com a liberação de parte do 13º salário nesta sexta-feira, os profissionais de saúde que atuam no Hospital Regional questionam a morosidade do entendimento com relação ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A categoria reivindica a normalização do depósito do FGTS, fato que não ocorre há cinco anos. Em alguns casos, o último depósito no fundo, por parte da fundação, teria sido no primeiro semestre de 2015.

Com o atraso no depósito do FGTS o trabalhador fica sem a movimentação na conta e isso pode lhe prejudicar em caso de uma solicitação para financiamento da casa própria que base no saldo em conta do FGTS.

Além disso, outra reivindicação dos profissionais de saúde e que já teria sido apresentada pelo SindSaúde, entidade que representa esses trabalhadores da área da saúde, diz respeito a concessão do adicional de insalubridade de 40% para profissionais que atuam em área de risco, uma vez que parte desses funcionários recebe 20%. Pagamento das horas extras e implantação do plano de cargo e salário são outros pedidos formulados há algum tempo pelos trabalhadores do Hospital Regional de Janaúba.

O site do jornalista Oliveira Júnior manteve ontem, quinta-feira, dia 13, contato com integrante da diretoria do Hospital Regional, mas até a conclusão deste texto, às 17h42 desta sexta-feira, dia 14, não obteve resposta da instituição com relação às reivindicações dos funcionários. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA