CRIAÇÃO DO PELOTÃO DOS BOMBEIROS EM JAÍBA É ANALISADA EM REUNIÃO COM O PREFEITO REGINALDO, REPRESENTANTES DA MAÇONARIA E COM O COMANDO REGIONAL DOS BOMBEIROS MILITARES

Foto Girleno Alencar

Durante a reunião foram discutidas ações para ampliar as bases do Corpo de Bombeiro no Norte de Minas, inclusive com a criação do Pelotão de Jaíba. 

MONTES CLAROS (por Girleno Alencar) – A criação do Pelotão dos Bombeiros Militares em Jaíba foi discutida ontem, terça-feira, dia 28 de julho, pela manhã em Montes Claros, em reunião articulada pela Maçonaria, através dos presidentes do Conselho de Veneráveis do Norte de Minas, Alysson Dantas e do Conselho Maçônico de Segurança Pública, Leandro Catarino e que contou com as presenças do coronel Fernando Augusto, comandante do 4º Comando Regional Operacional dos Bombeiros Militares; o major Darlan Moreira, comandante do 7º Batalhão de Bombeiros Militares e do prefeito de Jaíba, Reginaldo Antônio Silva. O município de Jaíba abriga o maior projeto irrigado da América Latina, com 110 mil hectares.

Foto Girleno Alencar

Prefeito de Jaíba, Reginaldo Silva, no centro, entre representantes do Corpo de Bombeiros e da Maçonaria: criação e implantação de uma unidade do Corpo de Bombeiros no município.

Ainda participaram da reunião Waldeir Salles, coordenador regional da 2ª Congregação do GOB-MG; Fellipe Leal, de Montes Claros e assessor jurídico da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene, e Rodrigo Lopes, de Jaíba, além de oficiais dos Bombeiros. A proposta é montar o Pelotão dos Bombeiros Militares e a Base do Samu no mesmo espaço. O prefeito Reginaldo Silva acredita que é viável essa parceria e que a Prefeitura tem vários espaços para serem cedidos.

O coronel Fernando Augusto agradeceu a parceria da Maçonaria na articulação e explicou que existem alguns projetos a serem desenvolvidos no Norte de Minas, pois os Bombeiros Militares tem unidades em Montes Claros, Francisco Sá, Janaúba, Januária, Pirapora e Salinas e em pouco tempo será instalada outra em Bocaiuva. O presidente do Convenorte, Álisson Danilo Dantas justificou que a parceria da Maçonaria e dos Bombeiros Militares tem sido intensificada, pois em 2017 a Ordem Maçônica articulou para evitar o fechamento do 4º Comando Regional, além de ter articulado a criação dos pelotões em Bocaiuva, Francisco Sá e Salinas, além da Base Unificada dos Bombeiros e Samu em Montes Claros. (Fonte: jornal Gazeta Norte Mineira)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID