PREFEITO DE JANAÚBA SOFRE DERROTA NA CÂMARA: POR 14 A 0, VEREADORES DERRUBAM O VETO DO PREFEITO E MANTÊM O USO DOS R$ 2 MILHÕES DO PRÉ-SAL EM DRENAGEM NOS BAIRROS INUNDADOS NO MÊS PASSADO


JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Por 14 a 0, ou seja, por unanimidade, a Câmara Municipal derrubou o veto do atual prefeito de Janaúba com relação ao recurso de quase R$ 2 milhões (R$ 1,980 milhão) que se encontram na conta da Prefeitura de Janaúba desde o dia 31 de dezembro do ano passado, quer dizer, há quase quatro meses. Até a bancada do mesmo grupo do prefeito votou contra o veto.
Apenas um vereador não compareceu à reunião. O vereador Paulo Roberto de Oliveira esteve ausente e ele teria sido o único que no mês passado votou contra a emenda ao projeto de lei e que teve o veto (a recusa) do prefeito. Diante disso, a votação do veto ocorrida na noite de hoje, quarta-feira, dia 22 de abril, foi por unanimidade tendo todos os 14 vereadores presentes (a Câmara de Janaúba possui 15 vereadores) rejeitaram o posicionamento do prefeito com relação à emenda apresentada e aprovada pelos vereadores.
Os vereadores decidiram em votação no dia 16 de março pela destinação do recurso do pré sal para o serviço de drenagem na cidade, principalmente nos bairros que tiveram pontos de inundações em fevereiro e março deste ano, momento em que vários moradores foram afetados e tiveram móveis e objetos estragados, além de buscarem acomodações em casas de parentes e amigos.
No projeto de lei encaminhado à Câmara antes da votação da emenda, o prefeito sugeria o uso do recurso do pré-sal, de quase R$ 2 milhões, da seguinte forma: R$ 496 mil para pavimentação de ruas, R$ 983 mil para a Assistência Social e R$ 500 mil para construção, ampliação e reforma de equipamentos esportivos e áreas de lazer.
Com a votação por 14 a 0, na noite de hoje, promovendo a derrota ao prefeito, a Câmara encaminhará provavelmente amanhã, quinta-feira, dia 23, a decisão à prefeitura cabendo o prefeito, segundo a Câmara, no prazo de 72 horas sancionar o projeto de lei com a emenda destinando a aplicação do recurso de quase R$ 2 milhões em drenagem na cidade, transformando o projeto de lei em lei. Caso o prefeito não proceda isso, o presidente da Câmara poderá sancionar mudando o documento para lei.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA