SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA

  • Mulher foi atendida em UBS da cidade e se encontra em quarentena em casa por precaução
  • Ela esteve recentemente em regiões da Argentina e do Paraguai onde há casos do novo coronavírus 
  • Ela apresenta febre, coriza, tosse e dificuldade em respirar, sintomas semelhantes ao da influenza



JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – O sistema de saúde está monitorando os sintomas de uma mulher que teria sido atendida nessa quarta-feira, dia 11 de março, numa unidade básica de saúde local e estaria com sintomas semelhantes ao do novo coronavírus há quase quatro dias. Diante dessa situação, foi colhido material nessa paciente para exames laboratoriais na Fundação Ezequiel Dias (Funed).
A paciente foi liberada, mas se encontra em casa no período de quarentena e aguardando os resultados do exame. Ela teria retornado á cidade na semana passada de viagem em regiões da Argentina e do Paraguai onde há casos do novo coronavírus.  
O secretário municipal de Saúde de Janaúba, Renato Quimas Pereira Lima, informou ao site do jornalista Oliveira Júnior no início da tarde desta quinta-feira, dia 12 de março, que os procedimentos para esse tipo de situação estão sendo tomados. A paciente procurou a Unidade Básica onde foi adotado protocolo especificado pela Vigilância de Saúde e o caso dela já foi comunicado à Diretoria Regional de Janaúba e à Secretaria de Estado de Saúde.
De acordo com o secretário municipal de Saúde, Renato Quimas, a paciente vem sendo acompanhada por uma equipe do sistema de saúde e a expectativa é de que, provavelmente, em duas semanas o resultado dos exames esteja pronto para verificar a situação da paciente. “Estamos tomando todas as medidas”, declarou o secretário ressaltando que no momento se trata de um caso suspeito.
O sistema de saúde informa ainda que os sintomas do novo coronavírus se assemelha ao da influenza (gripe) e este geralmente ocorre no período sazonal do outuno que se aproxima.
PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS
Nessa quarta-feira, dia 11 de março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que há uma pandemia de Covid-19. Essa é a primeira vez que um coronavírus provoca uma pandemia - o termo que se refere ao momento em que uma doença já está espalhada por diversos continentes com transmissão sustentada entre as pessoas.
O novo coronavírus já atingiu mais de 124 mil pessoas em todo o mundo e deixou mais de 4,6 mil mortos. A organização estima que o número de pacientes infectados, de mortes e de países atingidos deve aumentar nos próximos dias e semanas. Apesar disso, os diretores ressaltaram que a declaração não muda as orientações, e que os governos devem manter o foco na contenção da circulação do vírus.
O QUE É O CORONAVÍRUS
Coronavírus é o nome de uma grande família de vírus que tem uma estrutura em formato de coroa, conhecida desde 1960. Eles causam infecções respiratórias e já provocaram outras doenças, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers).
A doença causada pelo novo coronavírus recebeu o nome de Covid-19. Ela foi descoberta no final de dezembro de 2019, na China. A primeira morte foi registrada em 9 de janeiro.
COMO É A TRANSMISSÃO
Por meio de três formas:
Por vias respiratórias, pelo ar e por gotículas provenientes de espirros e da fala de indivíduos infectados;
Por contato físico, quando essas gotículas com o vírus alcançam mucosas do olho, nariz e boca por meio de beijos e abraços;
Por meio do contato de superfícies contaminadas, quando essas gotículas com o vírus ficam depositadas em locais como um corrimão ou uma maçaneta, e depois entram em contato com mucosas do olho, nariz e boca.
QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA DOENÇA CAUSADA POR CORONAVÍRUS?
Tosse seca, febre e cansaço são os principais sintomas, mas alguns pacientes podem sentir dores no corpo, congestionamento nasal, inflamação na garganta ou diarreia.
Nos casos mais graves, que geralmente ocorrem em pessoas que já apresentam outras doenças associadas, há síndrome respiratória aguda e insuficiência renal.
COMO PREVINIR

Higienizar as mãos e superfícies, como móveis e corrimão, são as principais formas de se prevenir contra o novo coronavírus. Mesmo com as mãos limpas, evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca. Além disso, é preciso limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.(Fonte: Ministério da Saúde, G1)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU