COM UM CASO SUSPEITO DO CORONAVÍRUS, PREFEITURA DE JANAÚBA ADOTA MEDIDAS E PROÍBE A REALIZAÇÃO DE EVENTOS PÚBLICOS PARA MAIS DE CEM PESSOAS

  • EVENTOS QUE VENHAM A SER REALIZADOS PELOS ÓRGÃOS DA PREFEITURA DE JANAÚBA 
  • Decreto põe o município janaubense em situação de emergência em saúde pública: vigência começou na tarde desta segunda-feira, 16 de março 
  • Servidor que estiver com febre ou sintomas respiratórios passa a ser um caso suspeito e ficará dispensado do trabalho, conforme o decreto municipal


  
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – O município de Janaúba passou a pouco, após às 15h desta segunda-feira, dia 16 de março, a configurar em situação de emergência em saúde pública em razão da pandemia declarada pela Organização Mundial da Saúde em virtude de doença infeciosa vira respiratória (Covid 19) causada pelo agente etiológico novo coronavírus (SARS-CoV-2).
Através do decreto 28 assinado na sexta-feira, dia 13 de março de 2020, e que entrou em vigência nesta segunda-feira, após ser publicado no site da prefeitura, o prefeito Carlos Isaildon Mendes determinou algumas medidas preventivas no município de Janaúba que se encontra, desde quarta-feira, dia 11 deste mês, com um caso suspeito do novo coronavírus e o resultado deve ser liberado na quarta-feira, dia 18, desta semana ( confira AQUI).
De acordo com o decreto, a prefeitura adotou algumas medidas, como a realização compulsória de exames médicos, testes laboratoriais, coleta de amostras clínicas, vacinação e outras medidas profiláticas, tratamentos médicos específicos, caso de estudo ou investigação epidemiológica.
O executivo local mantém em funcionamento os órgãos administrativos do município, porém com algumas medidas, dentre elas a proibição de audiências públicas, inaugurações e lançamentos de obras em locais fechados, com grande aglomeração de pessoas.
Também fica proibido, segundo esse decreto, a realização de quaisquer eventos públicos, mesmo em locais abertos, que ocorra a aglomeração de pessoas, com expectativa de público acima de 100 (cem) pessoas.
No decreto publicado na tarde desta segunda-feira, dia 16, no site da prefeitura, a recomendação é de que, sempre que possível, utilização de teletrabalho pelos servidores públicos em que o mesmo for coerente com a atividade e a suspensão de atendimento ao público, respeitados os serviços essenciais, por decisão do secretário responsável pela área, servindo então declaração do chefe imediato para efeito de controle de frequência.
Qualquer servidor, colaborador, estagiário, ou agente político que apresentar febre ou sintomas respiratórios (tosse seca, dor de garganta, mialgia, cefaleia e prostração, dificuldades para respirar e batimento das asas nasais) passa a ser considerado um caso suspeito e ficará dispensado do trabalho. Isso consta no decreto 28 da Prefeitura de Janaúba.

Comentários

Unknown disse…
Qual caso suspeito? Nome? Fonte de quem?

Postagens mais visitadas deste blog

POSSÍVEL IMAGEM DE NOSSA SENHORA NA SERRA ATRAI CENTENAS DE PESSOAS TODOS OS DIAS À VERDELÂNDIA

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA