VEREADORES ELEGEM O NOVO PREFEITO DE BONITO DE MINAS: DOIS VEREADORES, INCLUINDO O NOVO VICE-PREFEITO, PASSAM A ADMINISTRAR O MUNICÍPIO ATÉ O FINAL DESTE ANO

  • A eleição indireta foi pelo motivo da morte do então prefeito no dia 17 de janeiro
  • Ele era vice-prefeito e assumiu a administração em abril de 2018 diante da renúncia do prefeito Zé Reis, eleito deputado estadual no final de 2018 
BONITO DE MINAS (por Girleno Alencar) – Os vereadores Dilson Barbosa Santana e Silvio Lopes Pereira foram eleitos e empossados, respectivamente, como prefeito e vice-prefeito de Bonito de Minas, na noite de terça-feira, dia 18 de fevereiro, em sessão com a presença do deputado estadual José Reis Nogueira de Barros, o Zé Reis, que foi prefeito da cidade por dois mandatos.
Eles terão um mandato de 10 meses, mas com direito a buscar a reeleição de mais quatro anos. O novo prefeito pediu união de toda comunidade para ajudá-lo a administrar Bonito de Minas. Desde sua posse como prefeito interino e agora como prefeito eleito de forma indireta, pelos nove vereadores, Dilson Barbosa mudou apenas a chefia de Gabinete.
Essa eleição extemporânea foi provocada pela morte do então prefeito José Pedro Pires da Rocha, no dia 17 de janeiro passado, quando sofreu um infarto em Brasília-DF.  A morte de José Pedro, conhecido como Zé Galego, alcançou repercussão nacional, pois ele estava em Brasília buscando recursos, junto ao deputado federal Marcelo Aro, para ajudar seu município e tendo em vista a exiguidade do prazo para apresentar os projetos.
O então prefeito teve um AVC e mesmo socorrido, acabou falecendo. O seu enterro ocorreu no dia 18 do mês passado, com uma curiosidade: no cemitério que ele tinha construído e aguardava alguém morrer para ser inaugurado. A vida real representou o drama vivido pelo então prefeito Odorico Paraguassu, do seriado O Bem Amado, obra do escritor Dias Gomes, na década de 60.
Na eleição de 2016, Bonito de Minas reelegeu o prefeito José Reis Nogueira Barros (Zé Reis) e o vice-prefeito José Pedro Pires, para quatro anos de mandato, até o dia 31 de dezembro de 2020. Porém, o prefeito se licenciou do cargo em abril de 2018 para ser candidato e eleito deputado estadual. O vice-prefeito José Pedro assumiu a Prefeitura para encerrar o mandato e se preparava para buscar a reeleição, quando acabou morrendo.
O vereador e professor Dílson Barbosa Santana, presidente da Câmara Municipal, tomou posse imediato e interinamente. E nesta semana ele foi eleito para 10 meses de mandato com pleno direito, caso queira, ser candidato à reeleição. (Fonte: jornal Gazeta Norte Mineira)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID