ADOLESCENTES USARAM UMA MULHER COMO “ISCA” E ATRAIU O GAROTO PARA UM ENCONTRO FATAL: AGRESSÃO COM ENXADA, FOGO NO CORPO E ENTERRO NUMA VALA EM JANAÚBA

  • Garoto foi morto no último dia do ano de 2019: vingança por suposto boato

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Três adolescentes são apontados como autores da morte e, até então, ocultação do corpo de um garoto que havia saído de casa no dia 31 de dezembro de 2019 e não mais retornado e nem dado sinal de vida. O menino de 15 anos na verdade foi morto na véspera do novo ano num plano de vingança que incluiu, segundo relatos na Polícia Civil, a utilização de uma mulher como “isca” para levar o adolescente ao local onde teria sido assassinado.
Esse fato aconteceu na cidade de Janaúba. Uma equipe da 3ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Janaúba divulgou nessa sexta-feira, dia 24 de janeiro, detalhes dos fatos que resultaram no homicídio. Tiago Pereira de Jesus, 15 anos, saiu de casa no bairro São Lucas, após receber um telefonema no final da manhã daquele dia. Pegou uma bicicleta e foi pedalar ao encontro de uma mulher. Porém, ele não imaginava que se tratava de uma atração fatal.
Na investigação feita pela Polícia Civil consta que a mulher, possivelmente uma adolescente, convidou o garoto para um encontro que seria numa casa no vizinho bairro Boa Vista. Para a PC, a personagem feminina seria namorada de um dos envolvidos na morte de Tiago. A Civil ainda não confirma a participação dessa mulher no crime.
O inquérito policial coordenado pela Delegada Glênia Torres Aquino, da Delegacia da Comarca, aponta que na casa o Tiago teria sido surpreendido pelos desafetos, sendo um adolescente de 15 e outro de 17 anos, que executaram o plano por motivação de vingança sobre suposto boato atribuído à vítima.
As horas passaram e Tiago não retornou para casa. Os familiares ficaram preocupados com o sumiço do garoto e iniciaram uma busca pelos bairros e expuseram mensagem na rede social. O garoto não apareceu. Depois de pouco mais de três semanas veio a notícia triste: Tiago foi morto no mesmo dia do desaparecimento.
Em depoimento na Delegacia de Polícia, os adolescentes relataram detalhes das cenas da execução do garoto motivados por desavença com a vítima. Para cometer o crime, os dois adolescentes teriam contado com a colaboração de uma mulher que serviu como “isca” para levar Tiago ao ambiente onde houve a fatalidade. Os adolescentes ficaram escondidos na casa para onde o garoto havia sido atraído.
Pego de surpresa e sem condição de reagir, Tiago foi dominado e agredido pelos rivais com o cabo e parte não cortante da enxada. O garoto não resistiu aos golpes fatais e morreu. Na sequência, os desafetos atearam fogo no corpo da vítima e depois saíram para uma área afastada da casa onde abriram uma vala. Mais tarde, já no horário noturno, e com a participação de um terceiro adolescente, usaram uma carroça para transportar o corpo do garoto que foi enterrado na vala.
Os menores foram encontrados e apreendidos pela equipe da Polícia Civil composta pelos investigadores Luiz Márcio, Getter e Thiago e pelo escrivão Vinícius Henrique. Na última quinta-feira, dia 23, os acusados levaram os policiais aos locais do crime e da ocultação do cadáver.
“Representamos pela internação provisória dos adolescentes, o que foi deferido pela Justiça. Apreendemos os infratores e os entregamos no presídio local. A família agora terá a oportunidade de enterrar seu ente querido”, explicou a Delegada Glênia Aquino.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA