MORRE O ADMINISTRADOR DE EMPRESAS JANAUBENSE ERNESTO QUEIROZ

  • Ernesto das Telhas Alphaville e da fábrica de isopor; filho de “seu Lê” Queiroz
  • Ele foi um dos integrantes do bloco Loló-Tá-São que de maneira irreverente animava os carnavais em Janaúba 
  • O velório será no Memorial da Funerária Bom Pastor, na avenida Manoel Atayde, em Janaúba, a partir da madrugada de sexta-feira 
  • O sepultamento está previsto para esta sexta-feira, dia 27, às 17h, no cemitério Antônio de Deus, próximo ao bairro São Lucas, na cidade de Janaúba 
Foto Oliveira Júnior
Ernesto Queiroz momento em que era secretário de Administração na Prefeitura de Nova Porteirinha.

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – O administrador de empresas Ernesto Queiroz faleceu na noite desta quinta-feira, dia 26 de dezembro. Aos 54 anos ele não resistiu à enfermidade que o levou a ficar internado em unidade hospitalar por quase dois meses. No início da noite de hoje, Ernesto teve parada cardíaca e veio a óbito. Ele estava na Santa Casa, em Montes Claros para onde teria ido no princípio de novembro deste ano.
Empresário no ramo da construção civil e indústria, o janaubense Ernesto Queiroz foi internado após apresentar uma enfermidade e iniciou o tratamento no cérebro. Na última semana teve melhora e até havia a possibilidade de uma alta para o Natal. No entanto, no sábado passado, dia 21, não sentiu bem, sendo necessária uma atenção médica mais intensiva.
Foto álbum pessoal
Ernesto Queiroz investiu em empreendimentos em Janaúba, Nova Porteirinha e Montes Claros.

Natural de Janaúba, Ernesto Queiroz havia feito aniversário no dia 22 de novembro e cinco dias depois, no dia 27, completou 20 anos de casamento com a pedagoga Leila Paiva com quem teve a filha Maria Alice, 19 anos, que retornará agora em 2020 à faculdade de Medicina, um orgulho para o pai que não escondia a felicidade pela dedicação da filha ao conhecimento.
Foto arquivo Anderson Veloso
IRREVERÊNCIA: No carnaval, nos anos 80, Ernesto Queiroz no comando da motocicleta carregando o amigo por longa data Alexandre Azevedo.

Empreendedor em Janaúba, Nova Porteirinha e Montes Claros, Ernesto Queiroz conduziu por muito tempo o jeito irreverente dos momentos de alegria e diversão nos anos 80, 90 e 2000, principalmente nos carnavais em Janaúba. Integrante do bloco Loló-Tá-São, ele era da linha de frente do grupo de amigos que mantinha a tradição da festividade momesca e do entretenimento na cidade onde nasceu e morou.
Em meados dos anos 80 ingressou no curso superior Administração de Empresas pela Fundação Norte Mineira de Ensino Superior (FUNM, hoje Unimontes). Ele acompanhava o pai no ramo de atividade de serralheria e isso o motivo a fazer a faculdade.
Foto álbum pessoal
Torcedor do Atlético mineiro, Ernesto Queiroz acompanhou os momentos de glória do Galo.

Diariamente se juntava a outros acadêmicos e viajavam todos os dias em ônibus para Montes Claros, onde frequentava a Fadec (Faculdade de Administração, Economia e Ciências Contábeis), da FUNM e posterior Unimontes.
Com a graduação em Administração de Empresa, Ernesto foi motivado ao empreendedorismo. Instalou fábrica de rodos e vassouras. Depois investiu na fabricação de telhas de concreto e argamassa, diferentes das que eram habitualmente disponibilizadas pelas cerâmicas. Trouxe para Janaúba e Nova Porteirinha a inovação com a fábrica de isopor que atendia o mercado da construção civil no Norte de Minas e Sudoeste da Bahia. No ano passado, ele arrendou a fábrica de isopor instalada na cidade de Nova Porteirinha e decidiu pela área de extração de cascalho utilizado no melhoramento de estradas.
Foto álbum pessoal
Em eventos pelo Norte de Minas, Ernesto apresentava a produção da empresa que instalou em Janaúba e na região.

Além da iniciativa privada, Ernesto Queiroz também atuou na administração estatal tendo sido secretário de Administração da Prefeitura de Nova Porteirinha em três oportunidades. Foi o primeiro secretário administração na primeira gestão do prefeito Wilmar Soares (2005 e 2006). Retornou ao executivo municipal em 2017 na gestão do prefeito Juracy Fagundes ficando na secretaria de Administração até meados de 2018 e compôs a equipe de governo da prefeita Joélia Barbosa em maio de junho deste ano na administração interina de Joélia.
Ernesto carregava consigo a determinação de liderança, mas esbanjava alegria. Mesmo diante dos obstáculos, ele recorria à irreverência como motivação para atingir os objetivos. Um transtorno no trânsito em viagem aos Estados Unidos, cinco anos atrás, transformou em relato engraçado que ele fazia questão em contar e ria de si mesmo. Torcedor fanático do Atlético mineiro, soube aguentar os momentos de campanha negativa do time, mas vibrava muito quanto o Galo obtinha êxito.
Na sua página em rede social, a última publicação de Ernesto Queiroz foi em 7 de setembro deste ano (de uma publicação que havia feita seis anos atrás) na qual ele reapresentava uma fotografia na época em que foi escoteiro mirim em Janaúba, em 1978.
O corpo do administrador de empresas Ernesto Queiroz é previsto a chegar em Janaúba no final da noite desta quinta-feira, dia 26. O velório será no Memorial da Funerária Bom Pastor, na avenida Manoel Atayde, em frente ao cemitério da Saudade. O sepultamento está previsto para amanhã, sexta-feira, às 17h, no cemitério Antônio de Deus, próximo ao bairro São Lucas, na cidade de Janaúba.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID