PREFEITURA RECOLHE A AMBULÂNCIA DO DISTRITO DE QUEM QUEM E HÁ MAIS DE UM MÊS A COMUNIDADE ESTÁ SEM O TRANSPORTE ADEQUADO DE PACIENTE

  • Para levar pacientes ao hospital de Janaúba, moradores do Quem Quem têm que pagar, em média, 100 reais em transporte alternativo 
  • A pedido da Associação Comunitária, deputado Tadeuzinho indica a aquisição de ambulância nova para o Quem Quem: aguardando a liberação pelo governo estadual 
Foto Oliveira Júnior
Distrito de Quem Quem, em Janaúba, está sem ambulância há mais de um mês: além da dor, pacientes têm que pagar pelo transporte até uma unidade de saúde hospitalar.

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Os moradores do distrito de Quem Quem reclamam do que eles classificam como descaso do poder público com relação ao transporte adequado de paciente. Isso porque há mais de um mês a ambulância que servia a comunidade foi recolhida pela Prefeitura de Janaúba e até então não houve a devida reposição de veículo.
Representantes da comunidade já comunicaram a situação ao prefeito e à Secretaria Municipal de Saúde, mas nada foi resolvido. “A situação está insustentável”, informa o presidente da Associação Comunitária e Rural dos Pequenos Produtores e Assentados do Quem Quem, Agildo Aparecido Alves de Souza, o Gil do Quem Quem.
A entidade foi informada que a ambulância foi recolhida para a revisão mecânica. Entretanto, a municipalidade não providenciou outro veículo para suprir a lacuna deixada. Sendo assim, em caso de necessidade para encaminhar algum paciente para unidade hospitalar na cidade de Janaúba, os moradores se empenham nesse sentido, inclusive no pagamento, em média, de R$ 100,00, pelo transporte alternativo.
O caso da ambulância no distrito de Quem Quem se assemelha a enredo de novela. A cada capítulo uma expectativa com relação às próximas cenas. Isso porque quando a ambulância estava disponível havia o problema de motorista plantonista, principalmente para o período da noite. Esse problema literalmente foi sanado, porém, pasmem, agora falta a ambulância.
AMBULÂNCIA NOVA
Independentemente da obrigação da prefeitura, através da Secretaria de Saúde, em manter a antiga ambulância e motoristas, a diretoria da Associação Comunitária e Rural dos Pequenos Produtores e Assentados do Quem Quem tem se empenhada no sentido de dotar o distrito de melhor estrutura na área de transporte de paciente.
No final do primeiro semestre deste ano, por ocasião da festividade tradicional no Quem Quem, o deputado estadual Tadeu Martins Leite, o Tadeuzinho, esteve na localidade prestigiando o evento e se comprometer a ajuda o distrito na área de Saúde. A pedido da associação, o deputado Tadeuzinho se prontificou a indicar a aquisição de uma ambulância nova especificamente para o Quem Quem.
Ele aguarda a liberação, por parte do governo estadual, do recurso via emenda parlamentar para a compra dessa ambulância o que pode acontecer ainda neste ano ou mais tarde no primeiro semestre de 2020. Enquanto isso, a comunidade continuaria sendo atendida pela ambulância antiga que, no entanto, foi recolhida pela administração há mais de um mês deixando o Quem Quem sem o transporte gratuito e adequado de pacientes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID