MORRE O RADIOTÉCNICO CÍCERO ERNESTO, O PERNAMBUCANO QUE VEIO TRABALHAR NA ROÇA, EM JANAÚBA, ONDE VIVEU POR QUASE 61 ANOS

Foto Paulo & Galego
Cícero Ernesto dos Santos, recebeu em agosto de 2014 o Título de Cidadão Honorário de Janaúba, município onde viveu por mais de 60 anos.

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – O radiotécnico janaubense Cícero Ernesto dos Santos faleceu na tarde deste sábado, dia 21 de setembro. Aos 80 anos, ele não resistiu à enfermidade que o levou a ficar por um mês e meio hospitalizado. Cícero Ernesto ficou internado por 46 dias, dos quais 36 dias no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), no Hospital Aroldo Tourinho, em Montes Claros.
O velório acontece no Memorial Bom Pastor na avenida Manoel Atayde, em frente ao cemitério da Saudade. O sepultamento está previsto para às 14h deste domingo, em Janaúba.
Cícero faleceu a uma semana de completar 61 anos o tempo em que viveu em Janaúba. Filho de Ernesto Antônio dos Santos e Maria Rita da Conceição, ele nasceu no dia 12 de março de 1939 em Sertânia, no estado de Pernambuco. Aos 19 anos ele decidiu embarcar do interior pernambucano para o Norte de Minas, mais precisamente em Janaúba. Já sabia que o clima daqui se assemelhava com a cidade natal.
Foram quase quatro dias de viagem de Sertânia ao extremo Norte de Minas Gerais. No dia 28 de setembro de 1958 ele chegou em Janaúba. O jovem Pernambuco veio e ficou em solo gorutubano por 60 anos, 11 meses e três semanas. Desembarcou por aqui justamente na primeira década de emancipação de Janaúba.
Nesse período de seis décadas morando por aqui, onde também constituiu família, Cícero acompanhou e contribuiu com o desenvolvimento de Janaúba. No início a vida desse retirante não foi fácil. Porém, não deixou que o desânimo prevalecesse. Em princípio foi trabalhar na roça. Na função de trabalhador rural, Cícero Ernesto atuou em propriedades na região de Floresta.
O filho de “seu” Ernesto Antônio e de dona Maria Rita cuidou das lavouras de José Costa e Reinaldo Viana. O apoio do “seu” Reinaldo foi primordial para o jovem pernambucano adquirir conhecimentos. No intervalo de um dia para o outro no serviço com a enxada, foice e machado, o pernambucano Cícero Ernesto aproveitava o momento de folga, à noite, e com a ajuda de iluminação de candeeiros, para realizar o curso de Radiotécnico, ministrado pelo Instituto Universal Brasileiro.
Formado em Radiotécnico, Cícero Ernesto mudou, em 1968, para a cidade de Janaúba onde aproveitou para educar os filhos. Cícero Ernesto é casado com Paula Nogueira dos Santos com quem teve os filhos Cícero Ernesto Júnior, José Luiz, Admilson e Hodirley.
Ao mudar para Janaúba e com conhecimento técnico em eletrônica, Cícero Ernesto presenciou   a implantação   da   energia   elétrica   na   cidade, acompanhou   e   ajudou na instalação e na conservação dos sinais de televisão de Janaúba.
Desde o dia 1º de agosto de 2014, Cícero Ernesto dos Santos se tornou cidadão honorário de Janaúba, honraria essa concedida pela Câmara Municipal através de indicação do então vereador Cláudio Fidelix Martins.
Por muito tempo, Cícero Ernesto manteve um empreendimento de prestação de serviço técnico na avenida do Comércio. Durante mais de quatro décadas morou no bairro Padre Eustáquio, onde a família mantém residência.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID