MAIS DE R$ 1 MILHÃO CONTRA CATARATA: ESTADO LIBERA REALIZAÇÃO DE 1.516 CIRURGIAS EM 13 MUNICÍPIOS DO NORTE DE MINAS

  • Na Serra Geral serão 130 cirurgias, sendo 66 em Janaúba, 34 em Porteirinha, 30 em Jaíba 
  • Hospital das Clínicas Mário Ribeiro, da Funorte, realiza 50 cirurgias de cataratas pelo SUS todos os sábados 
Foto divulgação
ATENDIMENTO – Hospital Dr. Mário Ribeiro também realiza cirurgias pelo SUS todo sábado. Nessa foto, a oftalmologista Ariadna Muniz atendendo paciente.
MONTES CLAROS (por Christine Antonini) – Mais de 1.500 pacientes do Norte de Minas terão a oportunidade de realizar a cirurgia de catarata gratuitamente, de outubro deste ano a julho de 2020. O mutirão será realizado em 13 municípios da região, que foram contemplados com a medida e deverão efetivar as pactuações com a Secretaria de Estado de Saúde até 27 de setembro.
Serão investidos mais de R$ 1,1 milhão nas três regionais do Norte de Minas – Pirapora, Januária e Montes Claros. Além da macrorregião (Pirapora, Januária e Montes Claros), os municípios que integram a microrregião (Coração de Jesus, Francisco Sá, Janaúba, Monte Azul, Salinas e Taiobeiras) serão beneficiados.
“A partir da definição dos critérios e recursos financeiros para a realização das cirurgias de catarata, os gestores municipais passam a ter condições de se empenharem no sentido de garantir o acesso dos pacientes ao tratamento, uma vez que as quotas disponibilizadas para cada localidade já estão definidas”, enfatiza a superintendente regional, Dhyeime Tahuanne Pereira Marques.
Na região ampliada de saúde do Norte de Minas, os 13 municípios com maiores quotas para encaminhamento de pacientes são Montes Claros (302), Janaúba (66), Januária (62), São Francisco e Pirapora (52, cada), Bocaiuva (46), Salinas (38), Porteirinha (34), Várzea da Palma (36), Brasília de Minas, Jaíba, Rio Pardo de Minas e Taiobeiras (30 cada).
A quantidade de cirurgia para cada município foi baseada na incidência da doença na população acima de 60 anos, observando dados da Organização Mundial de Saúde (OMS).
“Todo mundo em algum momento da vida vai ter catarata, seja por causa da idade ou através de doenças infecciosas, como a sífilis. Também tem a catarata adquirida, transmitida durante a gestação ou acidentes com traumas nos olhos – a diabetes também é uma das causadoras da doença”, explica a médica oftalmologista Ariadna Muniz, que também é coordenadora do Serviço de Oftalmologia do Hospital Dr. Mário Ribeiro da Silveira e diretora geral da Fundação Hilton Rocha, localizada em Belo Horizonte.
MUTIRÃO HC
Todos os sábados, o Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro da Silveira realiza cerca de 50 cirurgias de catarata, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Além da catarata, o hospital oferece tratamento de córnea e até transplante.
“O procedimento da cirurgia é tranquilo, feito com recursos de última geração. O mais arriscado é o pós-operatório. O paciente precisa seguir à risca as orientações médicas e nunca operar os dois olhos de uma vez”, pontua Ariadna Muniz.
As cirurgias são feitas por encaminhamento nos postos de saúde. O HC oferece uma consulta oftalmológica e o médico faz a avaliação se há necessidade de cirurgia. (Fonte: Jornal O Norte, 4/09/2019)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID