FÁTIMA LEITE RECEBE NESTA SEXTA-FEIRA O TÍTULO DE CIDADANIA PELAS AÇÕES EM FAVOR DE JANAÚBA: CAMPUS DA UFVJM, APOIO AO PEQUENO PRODUTOR RURAL E INVESTIMENTO NO COMÉRCIO LOCAL

Fotos álbum pessoal
Fátima Leite durante a inauguração da sede própria do campus da UFVJM em Janaúba: presenciando o resultado do movimento que liderou 12 anos atrás.

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Entusiasmo e disponibilidade em busca do melhor para as comunidades. Essas são algumas das particularidades que Maria de Fátima Leite Silva carrega consigo há muito tempo e tem obtido resultados positivos, mesmo que para isso tenha enfrentado momentos árduos. Mas, esse é o jeito audacioso e lutador dessa mineira com os pés fincados em solo gorutubano há décadas.
Empreendedora e participante de ações pelo desenvolvimento de Janaúba e de outros municípios do Vale do Gorutuba e da região da Serra Geral de Minas, Fátima Leite, como é mais conhecida, se tornará Cidadã Honorária de Janaúba nesta sexta-feira, dia 23 de agosto de 2019, em aprovação unânime pela Câmara Municipal de Janaúba.
Fotos álbum pessoal
Maria de Fátima Leite Silva, empresária e produtora rural em Janaúba.

Mineira de Corinto e aos 65 anos de idade, dos quais mais de 40 anos vivendo e contribuindo direto e indiretamente com o crescimento de Janaúba e região, Fátima Leite obtém hoje a honraria indicada pelo vereador Walter Percídio de Jesus em reconhecimento às ações dessa empreendedora com atuação no comércio, na agropecuária e nas causas sociais do município gorutubano.
Ao lado do esposo Idalino Cardoso Silva e dos filhos Max e Fred, Fátima Leite sempre acreditou no potencial de Janaúba e região. A família possui investimentos que possibilitam a geração de dezenas de empregos diretos e indiretos em Janaúba e Nova Porteirinha. A pecuária leiteira sempre recebeu atenção do casal Idalino e Fátima Leite. Eles têm incentivados os pequenos criadores, inclusive subsidiando a criação de vacas e adquirindo o leite dos agricultores familiares para a produção do laticínio em solo gorutubano.
Fotos álbum pessoal
Fátima Leite na Câmara dos Deputados, em Brasília-DF, reivindicando por benefícios para Janaúba e região.

Fátima Leite, agora Cidadã Honorária de Janaúba, não media esforços para liderar e também incorporar a linha de frente das lideranças em busca de melhorias tanto para o produtor rural, principalmente na pecuária leiteira, quanto para outras ações no município. Fátima e Idalino deram grande impulso para a implantação e manutenção do programa social de distribuição de leite para famílias mais necessitadas.
Desde o tempo da juventude e até os dias de hoje, apesar da diminuição da intensidade, Fátima Leite tem sido uma pessoa ativa na área empresarial e comunitária. Investir na inovação do estúdio de beleza, nos anos 80 e 90, qualificando e dando oportunidade para profissionais capacitados exercerem as funções. Trouxe para Janaúba a franquia de loja “O Bicho Comeu” através da qual realizou e facilitou o sonho de crianças em conhecer e participar do “Show da Xuxa”. O comércio em Janaúba foi fortalecido diante da visão empresarial de Fátima com a loja “Yes No”. Além disso, se tornou uma pessoa de influência na cidade e região. Teve destacada atuação na imprensa, inclusive com colunas sociais em jornais.
Fotos álbum pessoal
Fátima Leite no Congresso Nacional em 2013 onde foi em busca de apoio dos deputados e senadores de Minas Gerais para Janaúba e região.

A mineira de Corinto não ficava quieta. No final de 2007, a empresária e produtora rural janaubense Fátima Leite liderou a campanha em favor da universidade federal em Janaúba. Em 5 de janeiro de 2008 o movimento iniciou o recolhimento de assinaturas da população da região da Serra Geral de Minas. Em junho de 2009, Fátima Leite encaminhou correspondência ao presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, solicitando a criação e instalação de universidade federal na região da Serra Geral de Minas.
Dois anos mais tarde, em agosto de 2011, veio o resultado positivo dessa iniciativa de Fátima. Em 16 de agosto de 2011, quer dizer, 8 anos atrás, a então presidente Dilma Rousseff assinou a autorização pela criação e implantação em Janaúba de um campus da Universidade Federal Vale do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), que se encontra em funcionamento e já formando engenheiros.
“Para mim é uma grande alegria em ter contribuído para que as nossas comunidades sejam atendidas pelas ações governamentais. A universidade pública federal em Janaúba traz uma grande motivação para as famílias, pois os filhos deixaram de ir embora para outros centros urbanos”, declarou Fátima Leite que, ao lado do marido, o produtor rural e empresário do ramo de laticínio, Idalino Cardoso, incorporou desde o início ao programa Fome Zero Leite pela Vida, ação social do governo federal em parceria com o governo do estado.
Em dezembro de 2013, Fátima Leite esteve em Brasília-DF onde foi sensibilizar os representantes de Minas Gerais no Congresso Nacional e aos órgãos governamentais a fazerem gestão no sentido em liberar para Janaúba um consultório popular para atender a população carente nas áreas de ultrassom, mamografia, tomografia, ressonância magnética e laboratório de análises clínicas.
A solenidade em que a Câmara Municipal concederá o Título de Cidadania Honorária de Janaúba à Maria de Fátima Leite Silva será nesta sexta-feira, dia 23 de agosto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID