ELEITORES DE NOVA PORTEIRINHA VÃO ÀS URNAS AMANHÃ, DOMINGO, DIA 7: JOÉLIA X REGINA

Fotos Oliveira Júnior
Vereadoras Regina Freitas e Joélia Barbosa são candidatas a prefeita na eleição suplementar em Nova Porteirinha neste domingo, dia 7 de julho de 2019.
  • SERÁ A PRIMEIRA MULHER A SER ELEITA PREFEITA
  • QUEM PERDER CONTINUARÁ SENDO VEREADORA
  • O MUNICÍPIO É GOVERNADO INTERINAMENTE POR UMA VEREADORA PELA SEGUNDA VEZ
  • A ENTÃO VEREADORA DALVANIR FOI PREFEITA INTERINA EM 2012
  • NOVA PORTEIRINHA JÁ TEVE VICE-PREFEITA ELEITA
  • MULHERES DOMINAM O ELEITORADO DE NOVA PORTEIRINHA
NOVA PORTEIRINHA (por Oliveira Júnior) – Agora são elas. Você no mínimo são ouviu essa expressão a qual denota o empoderamento feminino. E isso é comprovado em Nova Porteirinha, município que tem mais mulheres do que homens cadastrados perante a Justiça Eleitoral e que estão aptos para comparecerem nas urnas amanhã, domingo, 7 de julho, para a eleição suplementar nos cargos de prefeita e vice-prefeito (a). Outro detalhe, dos quatro nomes nas duas chapas, três são do sexo feminino. Mais duas mulheres tinham pretensões em disputar essa eleição suplementar. Uma desistiu após a convenção e a outra renunciou depois de registrar candidatura.
As vereadoras Joélia Barbosa Santos (MDB), 48 anos, e Regina Antônia de Souza Freitas (PSL), 45 anos, são candidatas ao cargo de chefe do executivo municipal para o mandato de pouco mais de um ano e cinco meses. Mesmo que não tenha êxito nas urnas, neste domingo, uma das candidatas continuará com mandato eletivo. Nesse caso, a candidata vencida permanecerá atuando como vereadora, enquanto que a vencedora confirma mudança de endereço, do legislativo para o executivo.
CANDIDATAS REEDITAM DISPUTA DE 2016 ENTRE GRUPOS POLÍTICOS
Nessa campanha que irá consolidar como a primeira mulher eleita prefeita de Nova Porteirinha, as candidaturas das parlamentares municipais Joélia e Regina reeditam basicamente o mesmo cenário da política local desde a eleição de 2016. As duas foram eleitas por grupos distintos e que polarizaram a campanha eleitoral de três anos atrás.
JOÉLIA É VEREADORA EM 3º MANDATO E REGINA VEREADORA EM 2º MANDATO
Essa é a quarta eleição que Joélia Barbosa disputa em Nova Porteirinha, tendo vencida as três anteriores todas para o legislativo. Já Regina Freitas disputa a quinta eleição, sendo que as quatro anteriores concorreu por vaga na Câmara Municipal e foi eleita por duas vezes.
Regina foi eleita vereadora em 2004, a sua primeira disputa. Não teve êxito na reeleição em 2008 e em 2012, mas voltou a vencer na eleição de 2012. Joélia foi eleita vereadora em 2008 (sua primeira disputa), reeleita em 2012 e em 2016.
TSE DESTITUEM PREFEITO E VICE DOS CARGOS
Na primeira semana de maio deste ano, o prefeito Juracy Fagundes Jácome (MDB) e o vice-prefeito Edésio Vital Neto (PSDB), eleitos democraticamente em 2016, foram afastados dos cargos por decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG). Diante disso e por estar exercendo a presidência da Câmara Municipal, a vereadora Joélia Barbosa assumiu interinamente a Prefeitura de Nova Porteirinha em 10 de maio e ocasião em que foi convocada a eleição suplementar que acontecerá neste domingo, dia 7, principalmente diante da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 26 de junho deste ano, através da qual Juracy e Edésio foram destituídos dos cargos eletivos.
7 ANOS ATRÁS A VEREADORA DALVANIR FOI PREFEITA INTERINA
A vereadora Joélia Barbosa é a segunda mulher a administrar interinamente a Prefeitura de Nova Porteirinha. A primeira prefeita interina de Nova Porteirinha foi a então vereadora Dalvanir Pereira Guimarães (na época no PP) devido ao afastamento do prefeito Wilmar Soares de Oliveira (PMDB) do cargo, em julho de 2012. Wilmar retornou ao cargo no mesmo mês.
Nessa alternância de poder ocorrida exatamente sete anos atrás, a vereadora Joélia Barbosa assumiu interinamente a presidência da Câmara. Ela era secretária da mesa diretora, ou seja, era a segunda na linha sucessória no comando do legislativo município.
EM 2012, VICE-PREFEITA RENUNCIOU AO CARGO PARA NÃO ASSUMIR A PREFEITURA
O fato é que a vice-prefeita Marilza Mendes Pereira Souza renunciou para não assumir a prefeitura com o afastando do gestor Wilmar. Marilza seria candidata a vice-prefeita em 2012 e se assumisse interinamente não poderia disputar a eleição no cargo de vice-prefeita – eleita foi reeleita.
A então presidente da Câmara, vereadora Maria Antônia Lima Rodrigues, também seria candidata a vice-prefeita (disputou e não venceu) e, com isso, renunciou ao mandato de presidente. Nesse caso, a vice-presidente Dalvanir assumiu a presidência da Câmara e na sequência a prefeitura. Sobrou para Joélia a presidência momentânea.
MARLENE DISPUTA A PRIMEIRA ELEIÇÃO
Amanhã, domingo, dia 7 de julho, mais de 5 mil eleitores estão aptos para votar. São duas chapas registradas: Joélia Barbosa (MDB), prefeita/Marilene Barbosa Ribeiro Menezes (PTC), vice-prefeita, e Regina Antônia de Souza Freitas (PSL), prefeita/Raul Alves da Rocha (PSB), vice-prefeito.
A produtora rural Marilene Ribeiro, 61 anos, é candidata a vice-prefeita na chapa de Joélia. É a primeira vez que Marilene de Anastácio disputa eleição municipal.
EX-PREFEITO RAUL VOLTA A SER CANDIDATO A VICE-PREFEITO
O produtor rural Raul Alves, 67 anos, é candidato a vice-prefeito na chapa de Regina. Ele foi prefeito de 2013 a 2016 e vice-prefeito por dois mandatos: 1997 a 2000 e de 2001 a 2004. Disputou as eleições de 2004, 2008, 2012 e 2016 para prefeito e venceu em uma delas, a de 2012. Ele foi candidato em todas as seis eleições majoritárias, sendo eleito em três.

Nessas horas que antecedem à votação, as candidatas a prefeitas intensificam a campanha com o intuito de sensibilizar os 5.355 eleitores de Nova Porteirinha, sendo 2.703 mulheres (50,5%) e 2.652 homens (49,5%). O sexo feminino tem 51 pessoas aptas a votar a mais em relação ao eleitorado masculino. As mulheres são maioria entre os jovens de 17 anos, os moradores das faixas etárias de 21 a 44 anos e entre os eleitores que tenham de 60 a 79 anos de idade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID