MORRE O COLUNISTA SOCIAL MAGNUS MEDEIROS, QUE MUITO CONTRIBUIU PARA A QUALIDADE E O FORTALECIMENTO DO JORNALISMO NO NORTE DE MINAS

  • Homenageado pela APIM no Encontro da Imprensa do Norte de Minas, em dezembro de 2014, Magnus Medeiros estava com 82 anos
  • Mineiro de Pirapora, Magnus Medeiros emprestou ao Norte de Minas o seu talento no Jornalismo e na Educação, na condição de Professor de Geografia 
  • O velório será na Funerária Avelar a partir das 14h de hoje, segunda-feira, e o sepultamento amanhã, terça-feira, dia 26 de março, às 9h
Foto álbum pessoal
Magnus Medeiros, articulista/colunista social no Norte de Minas.

MONTES CLAROS (por Oliveira Junior) – Por volta de 10h30 da manhã desta segunda-feira, dia 25 de março, recebeu do grupo de jornalistas a triste informação que o jornalista Magnus Medeiros não suportou à enfermidade. O eterno e consagrado professor e colunista social Magnus Medeiros faleceu aos 82 anos de idade. Uma perda irreparável para o jornalismo do Norte de Minas. Tive o privilégio em dividir espaço do jornal O Norte com o Magnus Medeiros. Se não estou equivocado, também atuei na mesma época em que ele escreveu em outros jornais, caso do extinto Jornal do Norte, na direção de Américo Martins, e no também extinto Diário de Montes Claros.
Foto Oliveira Júnior
Magnus Medeiros foi homenageado pela APIM no tradicional Encontro da Imprensa do Norte de Minas, em 2014.

O Magnus teve fundamental importância no jornalismo do Norte de Minas, sobretudo no colunismo social. Aliás, penso, não foi apenas um colunista social, mas sim um articulista que enriqueceu as páginas dos jornais em cada edição. Magnus emplacou um estilo com o qual cativou inúmeros leitores e de uma forma que não proporcionava a concorrência, mas o complemento das atividades com os outros colegas articulistas/colunistas oferecendo opções de qualidade para os leitores. A minha gratidão ao Magnus Medeiros. Meus sentimentos pela sua partida eterna.
Foto álbum pessoal
O último trabalho jornalístico de Magnus Medeiros foi no jornal O Norte.

“Mais uma vez, meu querido amigo-irmão, tenho que destacar, por amor à verdade, não apenas o excepcional cronista, repórter social, jornalista que é, mas, também, o notável escritor e poeta, digno das melhores e maiores Academias de Letras”, menciona Raquel Mendonça ao comentar do amigo jornalista que em outubro próximo completaria 40 anos de jornalismo sério, ético e da melhor qualidade.
O Magnus participava ativamente da composição da sua página nos jornais. Ele não limitava às notas sociais. Intercalados com fotos de eventos sociais, Medeiros dedicava-se um espaço para as recomendações de etiqueta em ambientes sociais, assim como expressava a maneira correta da ortografia e proporcionava dicas importantes. Algumas fez, ao visitar a redação do jornal O Norte – quando ia acompanhar também a composição do material que enviava sobre as notícias de Janaúba e região – verificava a diagramação e lia antecipadamente o que o Magnus Medeiros escrevera. Ele também retratava fatos de Janaúba e da região da Serra Geral de Minas. Magnus Medeiros era professor de Geografia e nasceu em Pirapora, Norte de Minas.
Foto Oliveira Júnior
Momento em que o articulista/colunista social Magnus Medeiros era homenageado no Encontro da Imprensa do Norte de Minas, em 2014.

O articulista/colunista social Magnus Medeiros vinha recebendo atenção médica desde o início deste ano. Em dezembro passado, ele prestigiou o tradicional Encontra da Imprensa do Norte de Minas, organizado pela Associação dos Profissionais da Imprensa do Norte de Minas (APIM). Estava alegre e comunicativo, como era de costume. Em dezembro de 2014, Magnus Medeiros foi homenageado no Encontro da Imprensa do Norte de Minas – nesta edição acompanhe algumas fotos que registrei da homenagem ao Magnus nesse tradicional encontro dos profissionais da comunicação – juntamente com outras quatro personalidades. Anualmente, a APIM presta homenagem a cinco profissionais da imprensa regional.
Em relato feito em 24 de fevereiro deste ano – logo abaixo publicarei alguns dizeres do mesmo – a Raquel Mendonça teria expressado sobre a vida de Magnus Medeiros e, inclusive, sobre a ideia comungada com ele, sobre a biografia desse articulista/colunista social. O contato entre ambos teria sido no dia 14 de fevereiro de maneira virtual e prosseguiu também no dia seguinte. No dia 15, mais tarde, Magnus não passou bem. Na noite daquele dia ele sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O texto de Raquel Mendonça que republicaremos em parte foi uma semana após a internação de Magnus Medeiros.
Foto Oliveira Júnior
Da esquerda para a direita, Américo Martins Filho, Magnus Medeiros e Benedito Said.

O articulista/colunista Magnus Medeiros ficou internado por vários dias. Teve pneumonia, AVC isquêmico e sofreu AVC hemorrágico, passou por delicada cirurgia e trasqueotomia. No final de semana voltou a ter pneumonia, estava tomando antibióticos, vinha sendo sedado devido uma dor na perna, também um pouco de infecção renal. Infelizmente, na manhã desta segunda-feira, dia 25, faleceu.
UM POUCO DA VIDA DE MAGNUS MEDEIROS
Acompanhe a seguir um breve relato sobre o articulista/socialista Magnus Medeiros que Raquel Mendonça, escreveu em 24 de fevereiro, uma semana após jornalista ter sido internado:
“Magnus Denner Medeiros ou simplesmente Magnus Medeiros, nosso muito querido, amado e admirado amigo-irmão, enviou-nos, por e-mail, no último dia 14 de fevereiro, boa - e bela - parte do seu brilhante texto autobiográfico, que li encantada e, no dia seguinte, dia 15, sexta-feira, encaminhava-lhe as nossas primeiras considerações: "Magnífico, Magnus, o seu texto autobiográfico! Mais uma vez, meu querido amigo-irmão, tenho que destacar, por amor à verdade, não apenas o excepcional cronista, repórter social, jornalista que é, mas, também, o notável escritor e poeta, digno das melhores e maiores Academias de Letras!... Será, sem dúvida, um grande e elogiado livro! Com todo o meu carinho, admiração e consideração". Na noite de sexta-feira, ele sofre o AVC.
Foto Oliveira Júnior
Da esquerda para a direita, Américo Martins Filho, Magnus Medeiros e Benedito Said, no Encontro da Imprensa do Norte de Minas em 2014.

As notícias de hoje tiraram um peso imenso do meu coração: que a pneumonia a nós e a muitos informada, como se tivesse sido diagnosticada ontem, depois da traqueostomia realizada na última sexta, e que fez aumentar a tensão, ansiedade e preocupação de todos os seus inúmeros, incontáveis e sinceros amigos, dentro e fora da família, já vem sendo debelada, na verdade, há seis dias; que não corre risco do pior, que logo, logo estará entre nós, ainda que vá necessitar de tratamento com fonoaudiólogo(a) e fisioterapeuta. Se reduzida realmente a sedação, certamente logo reabrirá os olhos para a vida e dirá as sábias, seguras e firmes palavras de sempre, cheias de amor, ternura e afeição!... A sua amiga-irmã aqui de quase cinquenta anos de imprensa, afinidades e proximidade, movida a emoção, não parou de rezar, mas parou de chorar! Vai desculpar, pouco a pouco, meu querido, quando acordar desse repentino susto que nos deu a todos, quanto ficamos chocados e abalados com a inesperada notícia, os amigos e as amigas mais sensíveis, para os quais sempre foi muito importante, presente, afetuoso e solidário, um companheiro de todas as horas! Não por falta de fé, mas de confiar e esperar serenamente em Deus! Como seres humanos, apenas, fraquejamos, por vezes, bom amigo!...
Ao AVC Isquêmico, cujo sintoma foi a perda da fala, seguiu-se o AVC hemorrágico no dia seguinte, quando foi submetido a cirurgia, com os neurocirurgiões Warley Bicalho e César Felipe. Eu o vi em uma das visitas no CTI da ala coronariana, e você parecia apenas dormir! A boa cor de sempre e nenhum sinal fazia lembrar o momento pelo qual passava! Pedi muito a Deus, em voz que pudesse ouvir, que o olhasse, guardasse, protegesse, curasse e libertasse! Sem nenhum comprometimento renal e sem nada no cérebro que lembre o ocorrido, o quadro pode ser agora considerado estável, mas com segurança!!! Nossa Senhora das Graças, Jesus Misericordioso e o Divino Espírito Santo continuem ao seu lado, até a sua remoção para um quarto e, do quarto, para casa. No próximo dia 05 de março, estará completando 82 anos de idade, com "cara de 62", como me disse um amigo médico do São Lucas e dizem muitos! Não suportava mais ouvir as palavras grave ou gravidade! Vida e saúde, amigo, e que chegue aos 100, como quase chegou a saudosa e amada irmã Lídia!... Muito ânimo, vigor - privilegiada a sua vitalidade - tem para isso!...
Em outubro próximo, quando fará quarenta anos de jornalismo sério, ético e da melhor qualidade, sob todos os aspectos, movido a valores reais - os que valem - e princípios morais dos quais jamais abriu mão, o 13º filho de Neosolina (Dona Neném) de Souza Medeiros e Luiz (Tota) Alves de Medeiros, exemplos de pai e mãe, ele dono da famosa "Pararia Flor do Sertão", estará lançando o seu livro autobiográfico, já bastante adiantado, com a sua rica história de vida, desde o seu nascimento, repleto de fatos, acontecimentos, eventos; preciosas fotos, assim como antigos e diversos documentos, que vinha separando, avaliando e arquivando, cuidadosamente, em seu quarto, para serem digitalizados e nele incluídos. À irmã Glícia fez sinais, antes de ir para o hospital, para que fechasse a porta do seu quarto e não deixasse ninguém entrar! Por telefone e pessoalmente, na última visita que lhe fiz em sua casa, dias antes do acontecido, me disse que encontrara páginas incríveis que julgara desaparecidas com o tempo, que não podia perder uma folha sequer!...
No seu computador, já iniciara as partes - "Magnus, o Professor" -; "Magnus, o Cantor" e "Magnus, o Cronista", considerado e batizado, justa e merecidamente, pelo grande e saudoso historiador Haroldo Lívio de Oliveira, de "O Embaixador do Norte de Minas", pois não escreve só para Montes Claros, mas para toda a região norte-mineira! E não são notas ou longas matérias e mensagens sem profundidade alguma, que não passam da mais tênue superfície humana, cultural e social, mas textos mais que corretos, bem formulados e definidos, que chegam ao coração e à mente de todos os seus milhares de amigos e leitores, sedentos já de suas páginas no jornal O Norte de Minas! Em cada página, uma "Reflexão do Dia", que sempre fez com que todos parassem um pouco para pensar e depois saboreassem, avidamente, os seus perfeitos escritos, assunto a assunto, destaque a destaque! Poucos escrevem assim tão bem e corretamente! Poucos são assim tão bons, assim tão corretos!
Fiquei muito feliz ao conversar com Magnus Denner, seu neto e paixão maior de sua vida, que não se cansava de elogiar, pois se trata de um "menino de ouro", ouro puro, sem o menor defeito, filho do seu amado filho Pelé com Vera. O seu neto está bem, focado nos estudos e o esperando em casa, o belo Chalé da Rua Carlos Pereira, 23. A sobrinha constante, Constância, que o ajudava a segurar, desde sempre, a barra da casa, no quesito organização, esquecendo-se da sua própria casa, muitas vezes - a comida é por conta da Dama da Gastronomia, Glícia Medeiros - e as suas filhas Tancinha, com o filho Vitor e Louise não param de pensar em você e sonhar com a sua volta! Vi aflição e esperança nos olhos e palavras de suas queridas amigas e amigos, da família ou não, mais família do que nunca, como Leila Rêgo, Kênia Medeiros e demais sobrinhos; primas próximas, a companheira de imprensa e eventos, Angelina Antunes; amigas extraordinárias como Márcia Maia de Felipe Gabrich, Ana Valda Vasconcelos, Aninha; Maria do Carmo (Duca) Oliveira e suas filhas (Luciana só faz rezar!) - são muitas as suas lembranças em Grão Mogol com a família amiga -, Mary Lélis e os filhos Sérgio e Marcelo Lélis, assim como tantos outros amigos de Brasília de Minas; Felicidade (Feli) Patrocínio e filhas, Lourdinha, do Viaduto do Roxo Verde, que tão bem lava e passa a sua roupa há anos, e é como um membro de sua família, e tanta e tanta gente mais perguntando, elogiando e esperando por você que nem imagina, meu amigo!!! É sem dúvida um ser "humano", sim, querido pela cidade e região inteiras!...
Então, reabra logo os olhos para a vida e espero em Deus - Ana Bárbara reza o tempo todo e ficou tão triste e apreensiva quanto eu todos esses dias - que a sua plena recuperação seja rápida, para que possamos voltar a contar com o seu costumeiro apoio, através de palavras amigas; com a sua força de ser e viver - sempre saudável, sempre otimista, sempre jovem de espírito e rico de alma e coração! Aí as lágrimas teimosas cederão espaço a sorrisos largos e fartos e a alegria de viver voltará, com a força de uma cachoeira, a nos animar a vida inteira! Uma pessoa assim como você, rigorosamente do bem, extremo bom caráter e coração, está fazendo uma falta tremenda aos que o amam como como amigo, como parente, como irmão! Como comemoraremos os seus 82 anos de vida no próximo dia 05?! Parabéns antecipados para você, nesta data, "querido"! Muitas felicidades, muitos e muitos - longos - anos de vida e paz, cercado de toda a luz e harmonia do mundo, toda a união, todo o bem!”...
Com todo o amor, confiança e esperança do mundo,
Amiga-irmã Raquel Mendonça.
24.02.2019 - 17:33 hs

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA