CHOVEU 2 MILÍMETROS EM JANAÚBA E EM NOVA PORTEIRINHA NESTA TERÇA-FEIRA: PRIMEIRA CHUVA DE 2019 EM SOLO GORUTUBANO

  • ÚLTIMO DOMINGO FOI O DIA MAIS QUENTE DE 2019 NO VALE DO GORUTUBA, QUASE 40 GRAUS CENTÍGRADOS
  • BARRAGEM DO BICO DA PEDRA PERDE 8 CENTÍMETROS DE ÁGUA ESTE MÊS E VOLUME ESTÁ MAIS DE DOIS METROS E MEIO INFERIOR AO DIA 5 DE FEVEREIRO DE 2018
  • UM ANO ATRÁS, NÍVEL DE ÁGUA NA REPRESA GORUTUBANA SUBIU 1,25 METRO 
  • BARRAGEM DE JANAÚBA E DE NOVA PORTEIRINHA ESTÁ PERTO DO SEU VOLUME MORTO 
Foto Oliveira Júnior
Represa do Bico da Pedra, em Janaúba, no dia 30 de outubro de 2017, quando o volume de água era 1,59 metro mais baixo do que hoje, dia 5 de fevereiro de 2019.

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Na manhã desta terça-feira, dia 5 de fevereiro, a temperatura máxima nas cidades de Janaúba e de Nova Porteirinha, na região da Serra Geral, no Norte de Minas, variou entre 25 e 33 graus centígrados. Nesse mesmo período, conforme o site do jornalista Oliveira Júnior apurou, a temperatura mínima oscilou entre 24 e 28 graus. O calor foi mais intenso no domingo, dia 3.
Naquele dia, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a maior temperatura no Vale do Gorutuba – denominação referente ao rio Gorutuba que separa as cidades de Nova Porteirinha e de Janaúba – teria sido de 39,6 graus centígrados. O calor de quase 40 graus foi sentido na tarde de domingo, 3 de fevereiro, sendo o dia mais quente de 2019.
Ontem, segunda-feira, dia 4, a temperatura também foi bem elevada. O termômetro oficial registrou 38,7 graus na tarde de ontem, enquanto que na noite dessa segunda-feira a máxima nas cidades de Janaúba e de Nova Porteirinha variou entre 29 e 37 graus.
Na manhã de hoje, terça-feira, dia 5, os moradores dessas duas cidades nas margens do rio Gorutuba tiveram a sensação térmica entre 25 e 33 graus.
CHUVA
No final da manhã desta terça-feira, 5, choveu tanto na cidade de Nova Porteirinha quanto em Janaúba. De acordo com os dados do Inmet, a precipitação pluviométrica teria sido o correspondente a 2 milímetros.
No levantamento do Instituto Nacional de Meteorologia, ao qual o site do jornalista Oliveira Júnior teve acesso, essa teria sido a primeira chuva de 2019 nas duas cidades, onde a estiagem já durava um mês e uma semana. Isso porque o último registro pluviométrico do Inmet nas cidades de Janaúba e de Nova Porteirinha na noite do dia 29 de dezembro, pouco mais de um milímetro.
BARRAGEM PERDE ÁGUA TODOS OS DIAS
Nos últimos 30 dias a barragem do Bico da Pedra apresenta redução diária em seu volume. A diminuição de água na represa formada no rio Gorutuba varia de um a três centímetros por dia. Mais de meio metro tem sido a redução no volume de água na barragem que abastece as cidades de Janaúba e de Nova Porteirinha.
UM ANO ATRÁS HOUVE CHEIA DE 1,25 METRO NO BICO DA PEDRA
Do dia 4 de janeiro deste ano até hoje, terça-feira, 5 de fevereiro, o nível de água na represa diminuiu em 65 centímetros. Quadro adverso do que se via um ano atrás. No dia 5 de fevereiro de 2018 a barragem gorutubana tinha 1,25 metro a mais de água em relação a 4 de janeiro do mesmo ano.
O site do jornalista Oliveira Júnior constatou que nestes cinco primeiros dias de fevereiro a represa do Bico da Pedra apresenta perda de oito centímetros em seu volume. Já do dia 1º ao dia 5 de fevereiro do ano passado o nível de água na barragem subiu um metro e meio. Numa comparação ao dia 5 de fevereiro de 2018, hoje a represa estaria com menos água, ou seja, com um volume de 2,67 metros mais baixos.
BARRAGEM ESTÁ PERTO DO SEU VOLUME MORTO
Pelo menos 17,45 metros separam o nível atual de água da capacidade de armazenamento da barragem do Bico da Pedra. Para a represa encher seria necessário que o seu volume subisse em 17 metros e meio. Nesta terça-feira, 5 de fevereiro de 2019, teriam 55 centímetros (pouco mais de meio metro) de água acima do volume morto, ponto crítico que requer o bombeamento e até possível suspensa de água para a irrigação. Mas, com entendimento perante os órgãos que controlam a barragem, o chamado volume morto reduziu em dois metros, quer dizer, em tese, ainda teriam em torno de dois metros e meio de água para a irrigação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID