REMOVIDO O POSTE QUE, EM TESE, ESTAVA QUASE NO MEIO DA RUA UBERLÂNDIA, EM PORTEIRINHA

  • Prefeitura havia solicitado à Cemig em julho de 2018 pela retirada do poste e teve que pagar quase R$ 5 mil por esse serviço 
  • Vereador disse que expressou pelas solicitações de moradores e condutores de veículos pelo bom fluxo de veículos e a segurança de todos 
Fotos divulgação
Rua Uberlândia na Vila Kennedy, em Porteirinha: com e sem o poste, em tese, quase no meio da rua.

PORTEIRINHA (por Oliveira Júnior) – Quem transitar pela rua Uberlândia, no bairro Vila Kennedy, não mais encontrará um poste de luz quase que, em tese, no meio da rua. Isso porque o problema foi resolvido pela Prefeitura de Porteirinha que solicitou a remoção desse poste junto à Cemig. A empresa deslocou o poste para a área de uma calçada, numa distância em torno de três metros onde encontrava.
Prefeitura fez o pedido pela remoção do poste em julho de 2018.

Conforme o site do jornalista Oliveira Júnior noticiou na segunda-feira, dia 21 de janeiro (confira AQUI ), a falta de alinhamento dos imóveis e da calçada em trecho da rua Uberlândia demonstrava que um poste da rede de energia elétrica estaria quase que no meio dessa via pública. Em ofício à prefeitura, no dia 18 deste mês, o vereador Jhonnattah Jhoseffer solicitava a solução desse impasse. Na sexta-feira, dia 18, o serviço de deslocamento do poste foi iniciado.
A Cemig respondeu com definição de normas, em agosto do ano passado.

Em nota ao site do jornalista Oliveira Júnior na tarde desta quarta-feira, dia 23, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Porteirinha informa que em 10 de junho de 2018 a administração havia solicitado junto à Cemig a retirada do poste que estaria na rua. Um mês depois, mais precisamente no dia 9 de agosto, a Cemig manifestou dizendo que a administração deveria arca com a participação financeira de quase R$ 5 mil, mais precisamente R$ 4.741,54.
Pagamento efetuado em setembro pela prefeitura pelo serviço de deslocamento do poste.
Ainda conforme a nota da assessoria de imprensa, a prefeitura realizou o pagamento em 20 de setembro do ano passado e ficou no aguardo da execução do serviço pela Cemig. Num documento da Cemig é expressado que o prazo para conclusão da obra/serviço seria de 90 (noventa) dias após a quitação de participação financeira do cliente. Sendo assim, como a prefeitura pagou em 20 de setembro, a obra/serviço deveria ser concluída, em tese, no dia 20 de dezembro.
Ofício do vereador Jhonnattah Jhoseffer diante do fato de que, ainda na segunda quinzena de janeiro de 2019, o poste não havia sido deslocado.

No entanto, somente no dia 18 de janeiro deste ano, ou seja, um mês depois do prazo estipulado em documento da própria Cemig, é que a remoção do poste aconteceu. Nesse período, a prefeitura pavimentou o referido trecho da rua Uberlândia e aguardou o cumprimento da parte da empresa responsável pelo serviço de energia elétrica neste município.
O vereador Jhonnattah Jhoseffer agradeceu a Secretaria de Obras da Prefeitura de Porteirinha e a Cemig pela compreensão quanto à necessidade da resolução do impasse em trecho da rua Uberlândia. No ofício o vereador disse que expressou pelas solicitações de moradores e condutores de veículos visando resguardar o bom fluxo de veículos e a segurança de todos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA