BARRAGEM BICO DA PEDRA, NOSSO MAIOR PATRIMÔNIO

Foto SRJ
Barragem do Bico da Pedra, em Janaúba e em Nova Porteirinha, pouco tempo depois que ocorreu o seu último transbordamento (cheia), em fevereiro de 2007.

O rompimento de duas barragens de rejeitos de mineração em Minas Gerais, em pouco mais de três anos, causando dezenas de mortes de pessoas, devastação ambiental e destruição de plantações e propriedades agrícolas, turísticas e comunitárias, mostra a fragilidade que existe nas barragens das mineradoras. Evidente que essas tragédias ocorridas em Mariana (2015) e em Brumadinho (2019) nos leva a reflexão sobre o provável risco da barragem de rejeito de mineradora nos municípios de Riacho dos Machados e Porteirinha não suportar a demanda de rejeito e o mesmo vir a ser deslocado pelos mananciais e ecossistema até atingir o rio Gorutuba e, consequentemente, o espelho d`água da barragem do Bico da Pedra que tem importância humana, social, econômica e ambiental.
Diante disso, solicitei ao deputado federal Diego Andrade a indicação de um engenheiro técnico especialista em avaliação de barragem de rejeitos de mineração para poder fazer uma avaliação, in loco (presencial), na barragem lá em Riacho dos Machados quanto a realidade da situação de armazenamento e segurança da barragem da mineradora em Riacho dos Machados e Porteirinha.
Solicitei também ao deputado federal Diego Andrade que faça gestão junto aos colegas da bancada mineira e aos deputados federais de outros estados no sentido de que adotem medidas objetivando o grau de comprometimento das mineradoras quanto à destinação correta dos rejeitos da mineração e evitando mais tragédias que tem resultado em perdas humanas e devastação da fauna e flora, além da destruição na lavoura impactando a produção de alimentos. O deputado federal Diego Andrade nos informou que já elaborou o requerimento de criação de CPI - Comissão Parlamentar de Inquérito na Câmara Federal e já está colhendo assinaturas de apoio com outros parlamentares federais, objetivando a tramitação do requerimento na próxima semana quando reassumirá o mandato na próxima sexta-feira, 1º de fevereiro, na Câmara Federal pela instalação da CPI, comissão para averiguar possíveis descasos por parte das mineradoras e também dos órgãos responsáveis pela fiscalização dessa atividade em Minas Gerais e no Brasil.
José Aparecido Mendes
Presidente Sindicato Rural de Janaúba

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA