PREFEITO DE JANAÚBA, ISAILDON, ACUSA JORNALISTAS POR CRIME DE EXTORSÃO, NÃO MOSTRA PROVAS E NÃO CITA OS NOMES: O SILÊNCIO DELE PODE IMPLICAR EM MEDO OU MENTIRA

  • “Essa acusação do atual prefeito de Janaúba sobre extorsão não me atinge. Prefeito, o senhor deve uma explicação aos jornalistas e ao povo de Janaúba”, citou o jornalista Oliveira Júnior
  • Caso poderá ser investigado pela Justiça, Ministério Público e Câmara dos Vereadores: vídeo mostra o prefeito acusando os profissionais da Imprensa
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – No mês de setembro deste ano, o atual prefeito de Janaúba, Carlos Isaildon Mendes, acusou alguns jornalistas que, segundo o prefeito, lhe pediu dinheiro para falar bem da sua administração. No entanto, até o presente momento, o prefeito de Janaúba não revelou nomes dessas pessoas. Para os profissionais da imprensa, a acusação do prefeito é grave e o silêncio dele em não divulgar nomes prejudica a classe dos jornalistas e pode até ser interpretado como medo ou mentira do prefeito.
Foto Oliveira Júnior
Carlos Isaildon Mendes, prefeito: acusa e fica em silêncio.

FALA FOI EM REUNIÃO COM CANDIDATOS A DEPUTADOS
Se o prefeito de Janaúba não quer falar quem tentou lhe arrancar dinheiro para não criticar a sua administração, então porque o mesmo citou isso numa reunião pública e política com candidatos a deputados? A troco de que o prefeito divulgou isso? Quis atingir a quem? “Alguns jornalistas”, mais quais? Vídeo mostra o prefeito acusando os profissionais da Imprensa.
CALÚNIA
Tal colocação leva qualquer leitor/ouvinte de diligência média a conclusão que podem ser os jornalistas janaubenses Oliveira Júnior, Fernando Lucas, Camila Guimarães, Hermínio Prates, Hugo Alessi, Paulo Nunes, Antônio Augusto, e outros, na qualidade de Jornalistas. Isso é calúnia, prefeito.
CÂMARA PODERÁ CRIAR CPI
Diante dessa colocação, digamos, indevida do prefeito, torna-se necessário que os poderes constituídos tomem providências. É preciso que o Ministério Público interrogue o prefeito de Janaúba sobre a suposta acusação de extorsão. Da mesma forma possa ser procedido pelo Poder Judiciário. Ainda cabe à Câmara Municipal de Janaúba instituir uma Comissão Processante, pois a omissão do chefe do executivo municipal arranha a instituição pública e prejudica de maneira geral os cidadãos, nesse caso os jornalistas, os quais precisam se defender.
JORNALISTA OLIVEIRA JÚNIOR: “TÔ FORA DISSO”

Já que o atual prefeito de Janaúba ficou “mudo” – isso é preocupante, pois se trata de uma autoridade pública atribuindo falsamente um crime a profissional idôneo – o jornalista Oliveira Júnior leva ao conhecimento dos estimados leitores que ele, filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), não comunga do ato divulgado pelo prefeito Carlos Mendes. “Podem ficar tranquilos, essa acusação do atual prefeito de Janaúba sobre extorsão não me atinge. Prefeito, o senhor deve uma explicação aos jornalistas e ao povo de Janaúba”, finalizou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POSSÍVEL IMAGEM DE NOSSA SENHORA NA SERRA ATRAI CENTENAS DE PESSOAS TODOS OS DIAS À VERDELÂNDIA

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA