MORADOR DE TOCANDIRA CONTESTA COLOCAÇÃO DO PREFEITO E CITA QUE, POSSIVELMENTE, TENHA SIDO A PREFEITURA DE PORTEIRINHA QUEM FEZ O “GATO” NA REDE ELÉTRICA PARA ILUMINAR A QUADRA

  • A expectativa agora é de que esse entrave seja encerrado e, com isso, a praça volte a ser um local de uso dos moradores de Tocandira e amplamente conservado pelo poder público
Foto divulgação
Praça no distrito de Tocandira, município de Porteirinha.

PORTEIRINHA (por Oliveira Júnior) – Um morador da comunidade de Tocandira contestou a colocação do prefeito Silvanei Batista de que alguém da comunidade teria feito ligação clandestina na rede elétrica da praça dessa localidade situada no município de Porteirinha, na região da Serra Geral, no Norte de Minas. A praça está sem luz e água, diante de decisão da municipalidade em cortar o fornecimento que favoreceu o corte de fornecimento de energia elétrica.
Na semana passada, o prefeito Silvanei Batista havia dito ao site do jornalista Oliveira Júnior que fará uma reforma na praça de Tocandira tanto na arborização quanto na iluminação. Segundo ele, haverá uma adequação do jardim, possivelmente, com a remodelagem do gramado. O administrador público mencionou que fará uma campanha de conscientização junto à comunidade para o uso racional da água destinada justamente para a irrigação das árvores da referida praça.
Foto divulgação
Parte da praça e ao fundo a quadra poliesportiva em Tocandira, município de Porteirinha.

Com relação à iluminação na praça, o prefeito afirmou que realmente a parte interna está sem a energia elétrica. Mas, que, por enquanto, a iluminação pública em frente aos imóveis permite a claridade no entorno da praça. Silvanei mencionou que a municipalidade realizou neste mês a licitação para aquisição de novas e econômicas luminárias a serem colocadas ainda neste ano na praça de Tocandira.
O prefeito teria mencionado que um dos gargalos da prefeitura é coibir o desperdício de água e energia elétrica em praças públicas, cuja conta fica a cargo do órgão público municipal. Nesse caso, ele declarou que a sua administração verificou o uso indevido da energia elétrica e a conta ficando para a prefeitura. Silvani disse que a providência a ser tomada ser coibir as ligações clandestinas e isso poderá render numa economia em torno de R$ 60 mil mensais com o fim de “gatos” na rede elétrica custeada pela prefeitura.
Indignado com a colocação do prefeito sobre as ligações clandestinas, um morador declarou ao site do jornalista Oliveira Júnior que a população de Tocandira não agiu dessa maneira. O mesmo morador explica que possivelmente seja a própria prefeitura quem tenha feito a ligação clandestina. Ele cita o caso da iluminação na quadra esportiva cuja luminosidade demonstra ser via “gato”.
A expectativa agora é de que esse entrave entre a gestão pública e a comunidade de Tocandira seja encerrado com o restabelecimento da água e da energia elétrica na praça, além de proporcionar que esse ambiente seja de fato um local de uso dos moradores e amplamente conservado pelo poder público.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA

ASSASSINATO EM JANAÚBA: VÍTIMA MORREU AO SER ATINGIDA POR GOLPE DE FACA