NOTA DO SINDICATO RURAL DE JANAÚBA e da ASPRONORTE SOBRE O MANIFESTO DOS CAMINHONEIROS, O AGRONEGÓCIO E A 37ª EXPÔJANAÚBA





A paralisação dos caminhoneiros, que transportam o desenvolvimento nacional, por causa da constante alta do preço dos combustíveis, especialmente o óleo diesel, parou o País e chamou a atenção para a importância desta profissão.
Sou filho de Ananias Mendes Santos, “ Totó Novo”, um norte mineiro de Santa Cruz de Salinas, caminhoneiro que lutou muito ao longo da sua vida no volante de um caminhão Chevrolet – para criar a nossa família, minha mãe, eu e meus 6 irmãos – viajando pelo Brasil inteiro e, principalmente, no Norte de Minas e no Nordeste brasileiro, carregado de produtos para a alimentação humana e a produção rural.
Senti de perto os problemas enfrentados por ele. Desde a minha infância, ele era persistente na luta pela redução do preço do combustível e dos pneus, questionava a falta de segurança, a jornada desumana que muitos são obrigados a enfrentar e, sobretudo, o baixo preço do frete, desde aquela época, na década de 60 e 70.
Sou a favor do manifesto dos caminhoneiros e torço para que a situação se resolva o mais rápido possível e o abastecimento para a população se normalize, mas não posso deixar de me solidarizar com a luta dessa categoria que transporta o desenvolvimento nacional.
É indispensável a redução da taxa tributária no Brasil. Não é possível pagarmos quase 50% de impostos sobre os combustíveis, isso inviabiliza a produção e a produtividade nacional.
Na nossa região o caos se instalou com o fechamento das rodovias BR 251, BR 365 e BR 135, e em especial em Janaúba a BR-122 e a MG 401, provocando a paralisação geral do transporte de bovinos para abaterem no Frigorifico Minerva, em Janaúba, e principalmente com o transporte de frutas diversas, principalmente banana com mais de 500 caminhões carregados de frutas, segundo a Abanorte, que abastecem os principais mercados nacionais, como São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, entre outros. Após 5 dias, já falta combustível em Janaúba e região em praticamente todos os postos.
É preocupante, pois estamos exatamente a menos de uma semana da abertura oficial da 37ª ExpoJanaúba 2018, de 31 de maio a 10 de junho.
Somos a favor do manifesto dos caminhoneiros, mas o Brasil não pode e nem deve ficar parado prejudicando toda a nossa economia e a vida cotidiana das pessoas.
A solução governamental precisa ser coerente e ágil. Os representantes dos caminhoneiros precisam ser sensíveis para uma decisão conjunta em favor do Brasil e dos Brasileiros.

José Aparecido Mendes Santos
Presidente do Sindicato Rural de Janaúba e Presidente da ASPRONORTE - Associação dos Sindicatos de Produtores Rurais do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA