JUSTIÇA NEGA LIMINAR A VEREADOR QUE PRETENDIA RETORNAR À PRESIDÊNCIA DA CÂMARA DE VERDELÂNDIA

Vereador Selcino foi afastado da presidência por 6 meses e vereador Iran da secretaria; eles foram denunciados por suposto ato de improbidade administrativa


VERDELÂNDIA (por Oliveira Júnior) - Em decisão proferida nesta sexta-feira, dia 11 de maio, o Juiz Ériton José Sant' Ana Magalhães, da Comarca de Janaúba, indeferiu as medidas liminares propostas pelo vereador Selcino Alves Cordeiro objetivando o seu retorno à presidência da Câmara Municipal de Verdelândia.
Ele foi afastado do cargo no dia 3 de maio pelo plenário com base em denúncia sobre suposto ato de improbidade administrativa. A denúncia também recaiu no vereador Iran Gonçalves dos Santos, que era o secretário da mesa e também foi afastado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA

ASSASSINATO EM JANAÚBA: VÍTIMA MORREU AO SER ATINGIDA POR GOLPE DE FACA