SINDICATO DE JANAÚBA CONSEGUE IMPEDIR, NA JUSTIÇA, ASSÉDIO MORAL CONTRA SERVIDOR DA PREFEITURA DE JANAÚBA


JANAÚBA – Com o apoio jurídico do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Janaúba (Sindijana), um funcionário da prefeitura local entrou com uma ação liminar após uma tentativa de remoção por parte do chefe, o gerente da área de transporte da Secretaria de Saúde.
Wagner Nascimento de Freitas é servidor há nove anos e motorista de ambulância da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Janaúba. Ele seria removido para o setor de Promoção Social. No processo consta que Wagner participou da greve de 2017 e, por isso, sofreu retaliações no emprego.
“Eu não aceitava fazer algumas coisas erradas que ele mandava como viajar em um carro sem condições, carro irregular sem pneus, documentos e eu era contra. Por isso alguns atritos foram criados e ele decidiu que iria me remover para a Promoção Social”, explicou o servidor.
Após decisão judicial favorável a Wagner Nascimento, ele já voltou a trabalhar na função de motorista. A liminar fixa multa diária no valor de R$ 1 mil caso não seja cumprida.
Para a presidente do Sindijana, Marilea Barbosa Ribeiro, não há dúvidas que a tentativa de transferência do servidor foi uma perseguição política. “Nós temos vários casos de pessoas que foram removidas nessa administração por causa de política. O único servidor que quis ir à Justiça foi o Wagner. O assédio moral na prefeitura está muito grande. Para mim, o que tentaram fazer com ele foi perseguição: você não faz o que eu quero, eu te mando para outro lugar”, afirmou a sindicalista. (Fonte: Sindijana)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA

ASSASSINATO EM JANAÚBA: VÍTIMA MORREU AO SER ATINGIDA POR GOLPE DE FACA