JANAUBENSE LUIZINHO ALCÂNTARA, PESQUISADOR E DOUTOR PELA FIOCRUZ, SERÁ HOMENAGEADO PELA UFOP COMO PROFESSOR E EX-ALUNO DA ESCOLA DE FARMÁCIA DE OURO PRETO

  • Ele desenvolve pesquisas sobre Chikungunya, Zika, Dengue e Febre Amarela
  • Professor da Fiocruz e de Universidade Pública da Bahia, Doutor Luizinho estudou em Janaúba na Escola Euclides da Cunha e no Colégio Estadual E.E.M.A.A.
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Entre os anos 70 e 80 ele dividia o tempo de adolescência nas brincadeiras com os amigos da rua Dom Pedro II, bairro Nova Esperança, e com os colegas das salas de aula da escola estadual Euclides da Cunha, na praça da Matriz, e da escola estadual Maurício Augusto de Azevedo (colégio E.E.M.A.A.), na praça do Cristo Redentor, nesta cidade.
Foto Oliveira Júnior
O janaubense Luiz Carlos Júnior Alcântara, o Luizinho, pesquisador da Fiocruz: reconhecimento em Ouro Preto. Em dezembro de 2014, Luizinho Alcântara recebeu a Medalha de Mérito Barão do Gorutuba, concedida pela Câmara de Vereadores de Janaúba.
Depois de mais de três décadas, o garoto janaubense Luiz Carlos Júnior Alcântara, o Luizinho, faz parte de um grupo de doutores do Brasil, sobretudo com a missão em aprimorar mais ainda as pesquisas em Biologia Celular e Molecular, área na qual possui doutorado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Luizinho Alcântara possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), mestrado em Bioquímica pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo e dois pós-doutorados, sendo o último realizado no Instituto Nacional do Câncer, no Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos.
Na manhã do próximo sábado, dia 7 de abril, o doutor e pesquisador Luiz Carlos Alcântara será homenageado pela Escola de Farmácia da Universidade Federal de Ouro Preto, durante a solenidade comemorativa dos 179 anos dessa instituição mineira de Ensino Superior. Luizinho receberá a Medalha da Escola de Farmácia da UFOP, onde foi aluno e professor.
Natural de Janaúba, onde concluiu o Ensino Médio com o curso Técnico em Contabilidade pelo colégio E.E.M.A.A., Luiz Carlos Alcântara tem experiência na área de Bioquímica, Biologia Molecular e Bioinformática dos Retrovírus Humanos (HIV e HTLV) e Arbovírus Humanos (Chikungunya, Zika, Dengue e Febre Amarela), atuando principalmente nos seguintes temas: Epidemiologia molecular e evolução dos vírus humanos, Polimorfismos nos genes dos hospedeiros vírus humanos, Correlações clínico-epidemiológicas nas viroses humanas, Desenvolvimento de novas ferramentas de bioinformática para estudo dos genes dos vírus humanos/hospedeiros.
O pesquisador Luizinho Alcântara atua também como orientador/professor colaborador do curso de Pós-Graduação em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa do IGM/Fiocruz, orientador/professor permanente do curso de Pós-Graduação em Patologia Humana e Experimental da Fiocruz/UFBA; do curso de Pós-Graduação em Microbiologia (área de Virologia) da Universidade Federal da Bahia; e do curso de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Estadual de Feira de Santana.
Em dezembro de 2014, Luiz Carlos Alcântara retomou à Janaúba para receber a Medalha de Mérito Barão do Gorutuba, honraria essa lhe concedida pela Câmara Municipal de Janaúba. A homenagem foi em 27 de dezembro de 2014, no dia em que Janaúba completava 66 anos de emancipação político administrativa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID