SAÚDE DE NOVA PORTEIRINHA INTENSIFICA AÇÕES DE PREVENÇÃO À DENGUE

Fotos SMS/PNP
Medida de prevenção ao foco do mosquito da dengue é realizada pela Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Nova Porteirinha, em fevereiro de 2018.


NOVA PORTEIRINHA (por Oliveira Júnior) – Equipe da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Nova Porteirinha intensifica as ações de prevenção e combate aos possíveis focos do Aedes aegypti transmissor de algumas doenças, entre elas a dengue. Nesta terça-feira, dia 27 de fevereiro, os agentes pulverizaram pontos estratégicos desta cidade.
Além das ações rotineiras de combate, visitas aos imóveis e monitoramento das armadilhas, a Secretaria Municipal de Saúde, por intermédio da Vigilância Epidemiológica, precisa da ajuda da população para eliminar os focos.
A dengue é uma doença infecciosa aguda transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado. Combatê-la não é uma tarefa fácil. Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 80% dos focos de dengue estão dentro das residências.
Além da ação da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Nova Porteirinha, moradores também precisam colaborar para evitar focos do mosquito da dengue.
Como combater
Não deixe água acumulada sobre a laje;
Vire todas as garrafas com a boca para baixo, evitando o acúmulo de água dentro delas;
Feche bem o saco de lixo e deixe-o fora do alcance de animais;
Mantenha a caixa d'água bem fechada;
Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água;
Mantenha bem fechados tonéis e barris d'água;
Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e lave-os com escova, água e sabão uma vez por semana;
Lavar semanalmente, principalmente por dentro, com escova e sabão, os utensílios utilizados para guardar água em casa, como jarras, garrafas, potes e baldes;
Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada.
Fique atento aos sintomas da dengue
A forma clínica clássica caracteriza-se pelos seguintes sintomas:
Febre alta, com duração de 2 a 7 dias;
Dor de cabeça;
Dor no corpo e nas juntas;
Dor atrás dos olhos;
Manchas vermelhas pelo corpo.
Quem tem diagnóstico de dengue deve ficar atento ao surgimento dos sintomas a seguir:
Dores fortes e contínuas na barriga;
Vômitos persistentes;
Sangramento por nariz, boca e gengivas;
Sede excessiva e boca seca. (Fonte: Ministério da Saúde)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID