GABRIEL NÃO RESISTE E MORRE NESTA QUINTA-FEIRA, DIA 11, EM BH: 10ª CRIANÇA QUE PERDEU A VIDA NA TRAGÉDIA DA CRECHE GENTE INOCENTE

Fato trágico foi há três meses e causou 14 mortes: 10 crianças, 3 funcionárias e o vigia, apontado como o autor do incêndio


Foto álbum de família
Gabriel Carvalho faleceu hoje, 11 de janeiro, três meses após o trágico incêndio na creche Gente Inocente, em Janaúba.
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – O município de Janaúba volta a ficar de luto em consequência do trágico incêndio no Centro de Municipal de Ensino Infantil (Cemei) Gente Inocente ocorrido no dia 5 de outubro de 2017. A criança Gabriel Carvalho, de 5 anos, faleceu no início da tarde desta quinta-feira, dia 11 de janeiro. Ele estava internado no hospital João XXIII, em Belo Horizonte.
A notícia do falecimento foi confirmada ao site do jornalista Oliveira Júnior por uma amiga que se encontra ao lado dos pais do menino no hospital. O site tentou falar com Vanderleia Carvalho, mãe de Gabriel, mas ela se encontra abatida com o falecimento do filho. Desde quando Gabriel foi transferido para a capital, horas depois do incêndio, Vanderleia permaneceu na companhia do filho.
Nesses três meses ela vivenciou o sofrimento do filho que estudava na creche e teria sido uma das dezenas de vítimas da tragédia. Gabriel teve o corpo queimado e ficou sob observação médica nesse período. Ele era a última criança que ainda se encontrava hospitalizada em consequência do incêndio na creche. No hospital João XXIII, em BH, ainda se encontra internada a funcionária Marley, a última vítima do incêndio que inspira cuidados na unidade hospitalar.
Com a morte de Gabriel Carvalho, nesta quinta-feira, sobe para 14 o número de pessoas mortas em decorrência do incêndio. São 10 crianças (Juan Pablo Cruz dos Santos, Luiz Davi Carlos Rodrigues, Ruan Miguel Soares Silva, Ana Clara Ferreira Silva, Renan Nicolas dos Santos Silva, Cecília Davina Gonçalves Dias, Yasmin Medeiros Sabino, Talita Vitória Bispo, todos com 4 anos, e Mateus Felipe Rocha Santos e Gabriel, ambos tinham 5 anos). e três educadoras: Heley de Abreu Batista, 43 anos, Geni Oliveira Lopes Martins, 63 anos, e Jéssica Morgana Silva Santos, 23 anos, e ainda o funcionário Damião Soares dos Santos, 50 anos, que era vigia da creche e apontado no processo como o provocador do incêndio.

Comentários

Unknown disse…
Ele não foi apontado como autor, ele foi o AUTOR do crime.
Unknown disse…
Que nossa senhora Aparecida conforte afamilia dele, e dé um bom luga com o senhor Jesus

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID