PREFEITURA DE JANAÚBA PEDE AUTORIZAÇÃO À CÂMARA PARA REPASSAR R$ 20 MIL PARA CONTRIBUIR COM A ACIJAN NA REALIZAÇÃO DO “NATAL MÁGICO”

EM OUTRO PROJETO A PREFEITURA PRETENDE DISPONIBILIZAR R$ 36 MIL PARA A ADESEG REALIZAR PROJETOS TÉCNICOS PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS


JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A Câmara Municipal de Janaúba recebeu nesta semana dois projetos de lei do executivo municipal que trata da solicitação de autorização para repassar recursos a duas entidades ligadas ao comércio e ao desenvolvimento. O valor total do recurso seria de R$ 56 mil e os projetos de lei devem entrar na pauta da reunião de segunda-feira, dia 18, possivelmente o penúltimo encontro ordinário dos vereadores neste ano.
O projeto de lei 51/2017 assinado pelo prefeito Carlos Mendes em 13 de dezembro deste ano pede autorização aos vereadores para repassar R$ 36 mil à Agência de Desenvolvimento da Serra Geral (Adeseg) visando a realização de parceria para a confecção de projetos técnicos para captação de recursos e outros fins junto a órgãos federais, estaduais e municipais, bem como agentes financiadores.
Já no projeto de lei 52/2017 o prefeito Carlos Mendes solicita da Câmara de vereadores a autorização para o repasse de recurso à Associação Comercial e Empresarial de Janaúba (Acijan). No projeto de lei assinado pelo prefeito ontem, terça-feira, dia 13, consta a destinação de recurso no valor de R$ 20 mil para contribuir com a entidade na realização do projeto “Natal Mágico”.
Os dois projetos de lei deverão ser distribuídos às comissões permanentes do legislativo local na reunião de segunda-feira, dia 18. Ainda não foi definida a data da apresentação de parecer técnico das comissões e a votação em plenário dessas proposições oriundas da prefeitura.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID