NÍVEL DE ÁGUA NA REPRESA DO BICO DA PEDRA SUBIU MAIS UM METRO; JÁ SÃO 2,5 METROS A CHEIA NA BARRAGEM GORUTUBANA EM DEZEMBRO

CHUVA NESTE MÊS EM JANAÚBA É O DOBRO DA PRECIPITAÇÃO DE DEZEMBRO DE 2016


Foto rede social
Moradores da comunidade de Pedra Preta, em Janaúba, tiveram que deixar as casas inundadas. Equipe do Corpo de Bombeiros auxiliou na assistência aos flagelados.
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Chuva e mais chuva. Cheia e mais cheia na represa. Pelo menos esse é o cenário que os moradores de Janaúba e de Nova Porteirinha convivem nos últimos dias. Isso traz ânimo à população, mas também já preocupa diante das inundações em algumas casas deixando famílias desabrigadas. O Pelotão do Corpo de Bombeiros de Janaúba tem atendido e transferido as famílias afetadas.
Foto rede social
O volume de água no rio Gorutuba aumentou nos últimos dias. Trecho do rio Gorutuba na região do distrito de Barreiro da Raiz, em Janaúba, nesta terça-feira, dia 12 de dezembro.
O período intenso da chuva é verificado também em outros municípios, inclusive em Francisco Sá e Riacho dos Machados, onde se encontram nascentes do rio Gorutuba e seus afluentes o que influencia no volume de água na barragem do Bico da Pedra, situada a cinco quilômetros das cidades de Janaúba e de Nova Porteirinha.
Conforme levantamento do site do jornalista Oliveira Júnior, a represa formada pelo rio Gorutuba vem recuperando o seu volume e hoje houve a elevação de mais um metro na quantidade de água nessa barragem. Dados do Distrito de Irrigação do Gorutuba apontam que entre ontem, segunda-feira, dia 11 de dezembro, e a manhã desta terça-feira, dia 12, o volume de água na represa aumentou em 99 centímetros, praticamente um metro foi a cheia na barragem nesta terça-feira.
Foto rede social
Estrada para comunidade da Matinha, em Nova Porteirinha, danificada pela intensa chuva.
De sexta-feira, dia 8, até a manhã de hoje, terça-feira, o nível subiu 2,13 metros. Já neste mês de dezembro o volume de água na barragem do Bico da Pedra aumentou em 2,57 metros. Um detalhe: no mesmo período de dezembro de 2016 a cheia nessa represa teria sido apenas de cinco centímetros. 
Foto rede social
Barragem em Serranópolis de Minas com volume de água em quase a sua capacidade, em dezembro de 2017.
Contudo, numa comparação ao dia 12 de dezembro do ano passado, hoje, terça-feira, 12 de dezembro, tem 1,71 metro a menos de água. Isso implica em dizer que em pouco mais de uma semana a barragem do Bico da Pedra recuperou em 60% o volume de água, pois em 1º de dezembro deste ano estava com 4,28 metros a menos de água numa comparação ao mesmo período de 2016.
Apesar desse momento de recuperação, o volume de água na represa do Bico da Pedra está muito abaixo da sua capacidade. Nesta terça-feira, dia 12 de dezembro, a quantidade de água na barragem se encontra 16,56 metros abaixo do nível de transbordamento.
Foto rede social
Lago da barragem de Serranópolis de Minas, dezembro de 2017.
CHUVA: 105% A MAIS
Desde domingo, dia 10, chove nas cidades de Janaúba e de Nova Porteirinha. O período chuvoso tem sido intercalado com rápida estiagem. Nos últimos cinco anos, o dezembro de 2017 já é o segundo mais chuvoso. Fica atrás de dezembro de 2013, ocasião em que choveu 367 milímetros.
Ontem, segunda-feira, dia 11, choveu o correspondente a 84,2 milímetros nestas duas cidades que tiveram a precipitação pluviométrica de 5,4 milímetros na madrugada de hoje, dia 12. Conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia, a chuva acumulada este mês em Nova Porteirinha e em Janaúba tem sido de 228,2 milímetros.
Foto rede social
Encontro do rio Gorutuba com o afluente rio Ribeirão, dezembro de 2017.
A chuva acumulada deste mês é mais do dobro do que choveu em dezembro do ano passado. No último mês de 2016 o índice pluviométrico foi 111,2 milímetros. Isso implica em dizer que em menos de duas semanas já choveu em Janaúba 105,21% a mais em relação a dezembro do ano passado que, curiosamente, só teve chuva até o dia 13.
Nos 12 primeiros dias de dezembro de 2017 já choveu 16 vezes a mais em relação à chuva de dezembro de 2015, que teve 13,6 milímetros. No ano anterior, ou seja, em 2014, choveu na cidade gorutubana 170,8 milímetros.
Entre 1º de novembro deste ano até o início da manhã desta terça-feira, dia 12 de dezembro, já choveu 347,8 milímetros em Janaúba que acumula chuva de 565,6 milímetros ao longo de 2017 contra 749,9 milímetros registrados nos 12 meses de 2016 e 366,5 milímetros conferidos de janeiro a dezembro de 2015.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

TENTATIVA DE ASSASSINATO NA CIDADE DE JANAÚBA NESTA SEXTA-FEIRA