ESTUDANTES MOSTRAM EXPERIÊNCIAS NA FEIRA DE CIÊNCIAS DO SEMIÁRIDO MINEIRO

Foto Oliveira Júnior
Criança acompanha a demonstração do guindaste feito com “sucatas”, dentre elas a seringa.

Foto Oliveira Júnior
Criando a lâmpada com grafite, material usado em lapiseira
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Lâmpada caseira através da grafite, que é o material que nos permite escrever e está presente em lápis e lapiseiras. A seringa usada em injeção e outras “sucatas” viram um guindaste. Sabe aquela calculadora abandonada porque não mais funcionou? Ela poderá ser útil com o auxílio de uma ou mais batata e uns pequenos condutores de energia. Feito isso, você poderá usar a maquininha para calcular as despesas ou somar o lucro.
Foto Oliveira Júnior
Feira teve a participação de alunos de escolas de Janaúba e de Nova Porteirinha.
Essas experiências foram apresentadas nesta quarta-feira, dia 22 de novembro, e ontem, dia 21, durante a 3ª Feira de Ciências do Semiárido Mineiro realizada no parque de exposições de Janaúba e que envolveu estudantes de escolas das cidades de Nova Porteirinha e de Janaúba.
Foto Oliveira Júnior
Autoridades durante a 3ª Feira de Ciências do Semiárido Mineiro.
Entre um trabalho e outro foi possível observar a produção de oxigênio, o derretimento do isopor, o uso racional da água e a produção da energia limpa, quer dizer, substituindo a cara energia elétrica pela energia eólica (aproveitando o vento) e solar. Os trabalhos foram feitos pelos estudantes do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º e 2º anos do Ensino Médio. Participaram ativamente da feira os estudantes das escolas estaduais Maurício Augusto de Azevedo (Colégio Estadual), Canafístula e Joaquim Maurício de Azevedo Bahia, todas de Janaúba, a escola estadual Inspetor Luiz Pedro, de Nova Porteirinha.
Foto Oliveira Júnior
Utilizando a batata como bateria para a calculadora voltar a funcionar.  
Quem passou pela feira pode acompanhar a demonstração do foguete movido à pressão, o globo de plasma e sobre a termodinâmica da latinha (aquela de refrigerante) produzindo o vapor para girar a hélice. De acordo com a chefe da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Unidade Norte instalada em Nova Porteirinha, Polyanna Mara de Oliveira, o objetivo é popularizar a ciência e aproximar a pesquisa científica da comunidade do Norte de Minas.
Foto Oliveira Júnior
3ª Feira de Ciências do Semiárido Mineiro foi no tatersal do Sindicato Rural de Janaúba.
A 3ª Feira de Ciências do Semiárido Mineiro foi uma realização da Epamig, com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifica e Tecnológico (CNPq), Favag, Unimontes, Sindicato Rural de Janaúba e Brasnica.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID