MULTIDÃO ACOMPANHA CORTEJO DE PROFESSORA MORTA NO INCÊNDIO CRIMINOSOS EM CRECHE DE JANAÚBA

JANAÚBA (por Adriana Lisboa e Juliana Peixoto) – Cerca de 600 pessoas acompanharam o cortejo da professora Helley Abreu Batista, de 43 anos, que morreu na noite de quinta-feira, dia 5 de outubro, horas após o incêndio criminoso em uma creche em Janaúba. O vigia do local, Damião Soares dos Santos, jogou álcool no local, depois ateou fogo nas crianças e nele mesmo. Sete alunos morreram; o vigia morreu cinco horas após o crime.
Segundo o delegado Bruno Fernandes, a professora lutou com autor para salvar os alunos; ela teve 90% do corpo queimado e morreu no hospital; Helley era casada e deixa três filhos, de 1, 11 e 13 anos.
Durante o cortejo, a multidão aplaudia enquanto cantava o hino "Segura na mão de Deus e vá". Com rosas brancas nas mãos, seguiram o caminhão do Corpo de Bombeiros, que levava o caixão da professora. Dois ônibus foram disponibilizados para levar a população ao cemitério.
O cortejo seguiu para o cemitério São Lucas, onde as crianças também foram enterradas; Ana Clara Ferreira Silva, a única menina entre as vítimas, foi enterrada nesta manhã. Os corpos de Juan Miguel Soares Silva, Luiz Davi Carlos Rodrigues e de Juan Pablo Cruz dos Santos foram sepultados no início da tarde. (Fonte: G1 Grande Minas)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA

ASSASSINATO EM JANAÚBA: VÍTIMA MORREU AO SER ATINGIDA POR GOLPE DE FACA