MINISTRO DA EDUCAÇÃO CONFIRMA QUE O GOVERNO FEDERAL CUSTEARÁ A CONSTRUÇÃO DE UMA CRECHE EM JANAÚBA

A creche incendiada será demolida e adaptada  por um grupo de empresários


Sugerido pelo site do jornalista Oliveira Júnior, Ministro da Educação disse que também prestará homenagens aos funcionários da creche vítimas do incêndio
Foto Oliveira Júnior
Prefeito Carlos Isaildon, ministro Mendonça Filho, Leandro Damy, Diretor de Gestão, Articulação e Projetos Educacionais (DIGAP), do Fnde, e a secretária Luzia Angélica.
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – O ministro da Educação, Mendonça Filho, esteve na cidade de Janaúba no final da manhã e início da tarde desta segunda-feira, dia 16 de outubro, quando ratificou a ajuda do Governo Federal ao município diante do incêndio na creche municipal Gente Inocente. A novidade é que, segundo o ministro, o recurso para a creche poderá ser elevado em até meio milhão de reais.
Mendonça Filho estava acompanhado do Diretor de Gestão, Articulação e Projetos Educacionais (DIGAP), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Leandro José Franco Damy, e mencionou que veio trazer solidariedade às famílias e anunciar as providências relativas às demandas que foram solicitadas pela prefeitura junto ao governo federal e que estão sendo atendidas.
Ele confirmou o recurso anunciado anteriormente de R$ 3,7 milhão por parte do Ministério da Educação. Maior parte dessa verba disponibilizada pelo governo do presidente Michel Temer será aplicada na construção de uma unidade no bairro Santo Antônio, distante aproximadamente cinco quilômetros da creche incendiada. A previsão inicial era de que seria liberado R$ 1,8 milhão, mas esse valor poderá ser elevado, de acordo com aprovação técnica, em até R$ 2,3 milhão para que a obra seja viabilizada de acordo com os requisitos técnicos estabelecidos pelo Ministério da Educação.
Na reunião em Janaúba, da qual o prefeito Carlos Isaildon Mendes participou, o ministro Mendonça Filho disse que é uma creche nova que, inicialmente foi localizada num terreno que ele visitou e que o prefeito avalia a possibilidade mudar em vista de que aquele terreno, segundo relatos da prefeitura, irá ficar susceptível a inundações e a uma situação crítica em período de chuva e o FNDE irá autorizar a nova localização da referida creche para outro terreno que possa atender as especificações por parte do Ministério da Educação.
Durante a reunião e na coletiva de imprensa o ministro frisou que essa obra nova será bancada quase que integralmente por parte de recursos do Ministério da Educação.
HOMENAGEM AOS EDUCADORES DA CRECHE
O ministro destacou a atuação da professora Heley de Abreu Batista que teve 100% do corpo queimado no incêndio momento em que salvava algumas crianças. Sugerido pelo site do jornalista Oliveira Júnior sobre também a atuação de outros educadores e funcionários que tiveram o corpo queimado para conter as chamas e salvar as crianças, o ministro disse que prestará homenagens para essas pessoas.
“A gente pode e deve considerar não só o papel heróico da professora Heley, mais de outras pessoas que tiveram uma participação importante nesse momento de dor e de sofrimento na comunidade de Janaúba”, citou.
OUTRA CRECHE
Mendonça confirmou também a destinação de R$ 600 mil para a continuidade e conclusão da obra de uma creche que se encontra paralisada há cerca de 5 anos. É um investimento na parceria entre o governo federal e o municipal. Segundo o ministro, essa obra está situada no residencial Dona Lindu, bairro Algodões, e foi suspensa devido ao não cumprimento por parte da prefeitura de uma série de responsabilidades.
No acordo e cooperação com o FNDE, a Secretaria Municipal de Educação e a prefeitura assumiram o compromisso de que irão sanear todas as providências para que a obra seja retomada. O ministro disse que serão disponibilizados R$ 600 mil imediatamente para que, a prefeitura cumprindo a sua partida, a obra seja finalizada e entregue à população num espaço curto de tempo.
O prefeito Isaildon informou que seria preciso R$ 1,3 milhão para finalizar a creche do residencial Dona Lindu, sendo que serão R$ 600 mil do Ministério da Educação e R$ 700 mil da prefeitura. Ele acredita que em 2018 ou no início do ano letivo de 2019 essas duas creches sejam entregues.
Com relação ao projeto de demolição e adaptação da creche no bairro Rio Novo apontar a capacidade para 40 alunos, o prefeito tranquilizou as famílias dizendo que  não faltará vaga e que isso será analisado pelo comitê gestor da crise, instituído após o incêndio na creche Gente Inocente que tinha 82 crianças matriculadas. Vale ressaltar que a outra creche a ser construída com recurso federal (entre R$ 1,8 milhão e R$ 2,3 milhões) será no bairro Santo Antônio. Um grupo de empresários se dispôs a recuperar e remodelar a unidade onde funcionava a creche incendiada. O detalhe é que essa nova creche terá capacidade para 40 alunos e até então a Gente Inocente estava com 82 alunos matriculados e não há um posicionamento com relação ao destino da outra parte de crianças assistidas pela Gente Inocente.
Sobre a construção da nova creche no mesmo terreno da unidade incendiada, o prefeito explica que as salas serão maiores e haverá o comprometimento com a legislação do Ministério da Educação. Indagado sobre a possibilidade de edificar a nova unidade educacional em outro lugar, no mesmo bairro, Carlos Mendes alegou que os empresários propuseram a construir naquele local “e não nos foi dada a opção de mudar de local, não. Eles têm os motivos e nós não poderíamos deixar de aceitar”, finalizou o prefeito.
QUADRA
 A terceira ação do governo de Michel Temer em Janaúba, anunciada pelo Ministro da Educação, diz respeito à conclusão da obra de uma quadra esportiva coberta, que também está paralisada. Mendonça Filho assegurou o apoio do governo nessa obra na escola municipal da comunidade de Jatobá, município de Janaúba.
OUTROS MUNICÍPIOS
Ronaldo Mota, Secretário Executivo da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), representou o presidente José Reis Nogueira nessa reunião e ressaltou sobre as dificuldades pelas quais os municípios do Norte de Minas enfrentam com as obras de escolas, creches e quadras paralisadas há tempo e isso tem prejudicado o desenvolvimento educacional em cada localidade.
O ministro que isso é a realidade do país e comprovar, segundo ele, a situação que encontrou assim que assumiu o Ministério da Educação, em maio do ano passado. Mendonça Filho explicou que deparou com os dados de R$$ 11,6 bilhões em recursos para obras autorizadas e paralisadas, sendo a maioria creches. Para minimizar a situação, explicou, foi preciso adotar a repactuação de algumas dessas obras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA

ASSASSINATO EM JANAÚBA: VÍTIMA MORREU AO SER ATINGIDA POR GOLPE DE FACA