PRODUTORES RURAIS DA REGIÃO DA SERRA GERAL DE MINAS RECORREM À SUDENE POR MEDIDAS PARA MINIMIZAR A CRISE HÍDRICA

Foto Dhiego Andrade
José Aparecido Mendes, do Sindicato Rural de Janaúba, explica ao Superintendente da Sudene, Marcelo Neves, sobre o drama da região diante da crise hídrica.
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A grave situação hídrica poderá comprometer a economia de Janaúba e de Nova Porteirinha afetando a produção de 84 mil toneladas de frutas e outros produtos agrícolas e ainda contribuir com o desemprego de mais de 10 mil pessoas. Para conter esse triste cenário, os produtores rurais e a sociedade civil organizada recorrem aos órgãos governamentais por ações que, pelo menos, minimizem esse drama regional.
O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba, José Aparecido Mendes Santos, esteve reunido com o superintendente Marcelo José Almeida das Neves, da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), nessa quinta-feira, dia 25 de maio, em Montes Claros, por ocasião do encontro do representante da Sudene com as lideranças do Norte de Minas, promovido pela Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams).
Foto Dhiego Andrade
Presidente da Amams, José Reis; superintendente da Sudene, Marcelo Neves; e José Aparecido Mendes, presidente do Sindicato Rural: convite para a 36ª ExpôJanaúba.
Na ocasião, José Aparecido Mendes entregou ao superintendente da Sudene um documento formalizado pelo Sindicato Rural de Janaúba e pela Associação dos Fruticultores do Norte de Minas (Abanorte) requerendo a gestão por parte do superintendente Marcelo Neves quanto à retomada imediata das obras de substituição dos canais por tubulação do Perímetro de Irrigação Gorutuba e inclusão da segunda e última etapa da tubulação no orçamento.
O superintendente da Sudene, de antemão, fez um compromisso de realizar em Janauba um evento da Apex Brasil, que é a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, com a finalidade em qualificar os produtores para a exportação de frutas. Convidado por José Aparecido a prestigiar a 36ª ExpôJanaúba, o superintendente da Sudene, Marcelo Neves, disse que fará o possível para comparecer a esse importante evento do agronegócio.
APOIO AO NORTE DE MINAS
A vinda do superintendente da Sudene foi uma articulação coordenada pelo presidente da Amams, José Reis, com o intuito de estreitar os laços do órgão com a região. “Isso mostra a determinação de José Reis frente à Amams em busca do fortalecimento do Norte de Minas. Em pouco tempo na associação o José Reis vem proporcionando um jeito ousado e dinâmico na Amams” destacou José Aparecido ao ressaltar que a Amams tem sido, nos últimos meses, uma forte parceira das ações do Sindicato Rural de Janaúba e da Associação dos Sindicatos dos Produtores do Norte de Minas e do vale do Jequitinhonha (Aspronorte), entidade essa da qual José Aparecido é presidente.
Na reunião o superintendente da Sudene, Marcelo das Neves, reafirmou a José Reis, da Amams, que a região tem presença garantida no Conselho Deliberativo da Sudene (Condel). Diante disso, a Amams representa os municípios mineiros nesse conselho que tem a atribuição em analisar e aprovar os principais projetos de investimentos na região da área mineira da Sudene abrangendo 181 municípios mineiros. Isso é um grande avanço para possibilitar o desenvolvimento econômico e social do Norte de Minas.
BATIMETRIA NA BARRAGEM
Outra reivindicação dos produtores de Nova Porteirinha, de Janaúba e demais localidades dessa região diz respeito à necessidade de se realizar a batimetria na barragem Bico da Pedra para se ter noção da sua capacidade real de volume de água; regularização da reserva legal do Perímetro Irrigado do Gorutuba; recuperação das nascentes da Bacia do rio Gorutuba e a viabilidade de perfuração de poços artesianos ao longo do canal principal para abastecimento do mesmo.
Na reivindicação, a classe produtora pede o apoio da Sudene pela implantação de energia solar para os sistemas de bombeamento flutuante, aumento da capacidade de reservação da barragem Bico da Pedra; revitalização da galeria de tomada d’água dessa represa formada no rio Gorutuba e onde localiza-se a captação, e que caso não esteja em perfeitas condições, impede a realização de manutenção no restante da infraestrutura.
O documento entregue pelo Sindicato Rural de Janaúba e pela Abanorte, com apoio da Amams, consta a solicitação de apoio da Sudene pela manutenção da suspensão da cobrança da tarifa de água K1 e da titularidade dos lotes por 24 meses; continuidade da assistência técnica aos pequenos produtores nos Perímetros de Irrigação; contratação do serviço de vigilância do maciço da represa Bico da Pedra.
PROJETO JAÍBA

A Abanorte e o Sindicato Rural de Janaúba reivindicam, no documento entregue ao superintendente da Sudene, a implantação da Gestão Única do Sistema de Uso Comum do Perímetro Irrigado do Jaíba; desassoreamento do Canal Principal de Chamada do Projeto Jaíba e a implantação urgente do sistema de bombeamento flutuante para a Estação de Bombeamento 1 (EB1) do Projeto Jaíba. Por fim, os produtores rurais da região de Janaúba e Jaíba solicitam a participação ativa na gestão das águas da Usina Hidrelétrica de Três Marias frente à forte pressão da região Nordeste.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA