MONTE AZUL DECIDE CRIAR SEGUNDA APAC NA REGIÃO DA SERRA GERAL DE MINAS

MONTE AZUL (por Girleno Alencar) – A região da Serra Geral contará com mais uma Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC): Monte Azul decidiu criar uma unidade, para atender aos municípios vinculados a sua comarca, como Mato Verde e Gameleiras, além de Espinosa e Mamonas. A decisão foi tomada no dia 10 de maio, durante audiência publica.
A iniciativa de criar essa APAC foi por causa da precária situação do presídio de Monte Azul, que esbarra com a grande quantidade de presos. Isso impede a ressocialização dos presos de bom comportamento. Na região, Janaúba tomou a iniciativa de criar sua APAC, que inicialmente seria na zona rural, mas depois retornou ao perímetro urbano.
Na reunião de Monte Azul, a prefeitura assumiu o compromisso de doar o terreno onde será construída a APAC, enquanto a classe empresarial anunciou que se dispõe a ajudar na obra, mesmo com a crise econômica. O juiz da comarca e o promotor de Justiça se dispuseram a apoiar a campanha e anunciaram que auxiliarão nos trabalhos da APAC. Maycol Amorim, de Montes Claros, deu seu depoimento de sua experiência de APAC. A Pastoral Carcerária foi o órgão que puxou o debate para implementação do método na cidade.
A assistente social Ângela Dias Nunes salienta que o modelo APAC está revolucionando o sistema prisional brasileiro, com prisões sem violência, onde a prioridade é a recuperação física, psicológica, social e espiritual dos presos, que são chamados pelo nome e eles compartilham a gestão do espaço apaqueano.
“Após longas estadias em prisões regulares onde a superlotação, violência e tratamento desumano são abundantes, muitos condenados chegam a APAC e encontram uma realidade diferente: paredes pintadas de branco e céu azul, ordem e limpeza, boa comida e, acima de tudo, um tratamento humano, em que propõem um itinerário para recuperar a sua dignidade enterrada sob um mar de humilhação e maus costumes” – explica a assistente social, que tem a experiência de ser criadora da APAC de Montes Claros.
No Norte de Minas existem três APACs em funcionamento: Grão Mogol, Januária e Pirapora. Na cidade de Montes Claros, foi criada em 2009 e chegou a receber R$ 1,9 milhão, mas devolveu o dinheiro no inicio desse ano e agora espera a devolução do dinheiro para iniciar as obras. Nos centros de reintegração social geridos pela APAC as normas são cumpridas rigorosamente. Não há atmosfera opressiva, mas o recuperando nunca está ocioso: trabalha e estuda, tudo de acordo com um cronograma rigoroso. Em todos esses anos nunca foram registrados motins ou distúrbios, ao contrário do que acontece nas prisões normais. (Fonte: jornal Gazeta Norte Mineira)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA