SECRETARIA ESTADUAL PARA O NORTE DE MINAS AGORA É COMANDADA POR ALIADOS DO DEPUTADO TADEUZINHO

Governo toma de aliados do deputado Paulo Guedes o controle dessa secretaria do Norte e Nordeste de Minas

O deputado Gil Pereira já comandou e indicou aliados para dominar essa secretaria


A ex-deputada Elbe Brandão também já foi secretária e teve aliados à frente dessa secretaria estadual

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A bola da vez agora é do deputado estadual Tadeu Martins Leite, o Tadeuzinho. Além de ter sido secretário de estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana (hoje, de Cidades e de Integração Regional), o deputado Tadeuzinho tem agora, literalmente, sob o seu domínio a Secretaria Estadual de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas (Sedinor), até então entregue ao grupo do deputado estadual Paulo Guedes.
Foto Oliveira Júnior
Deputado estadual Tadeu Martins Leite, o Tadeuzinho.
A mudança foi publicada no “Minas Gerais”, o Diário Oficial do Estado, edição de ontem, quinta-feira, dia 13 de abril. Coube ao deputado Tadeuzinho e ao deputado federal Gabriel Guimarães indicarem o novo secretário. Trata-se de Epaminondas Pires de Miranda, ex-prefeito de Serro, região do Jequitinhonha, que assumir a titularidade de secretário da Sedinor. O detalhe é que essa função estava vaga.
Isso porque Gustavo Xavier Ferreira, aliado de Paulo Guedes, era secretário adjunto da Sedinor. Essa função agora passa a ser exercida por Jean Alves Coelho, aliado de Tadeuzinho. Apesar da alteração, o grupo de Paulo Guedes terá um consolo, pois Gustavo Xavier foi nomeado para a direção geral do Idene (Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais), subordinado à referida secretaria.
Quem perde, nesse caso, é Ricardo Campos, do grupo de Guedes, que chefiava o Idene. O detalhe é que o Gustavo Xavier assumiu o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Denocs), assim que Paulo Guedes deixou o órgão do governo federal se candidatar a deputado estadual em 2006, e foi eleito.
Nos bastidores públicos a colocação é de que Paulo Guedes perdeu espaço no governo do estado ou então é submetido a uma freada brusca na pretensão de se candidatar a deputado federal, o que poderia atrapalhar o companheiro de partido, Gabriel Guimarães, deputado federal. Outra análise é que fica estampada a “cicatriz” política entre os então aliados Guedes e Guimarães, e quem pode tirar proveito disso é Tadeuzinho. Como vem acontecendo. Isso sem considerar que nas duas últimas eleições municipais em Montes Claros, maior colégio eleitoral do Norte de Minas, os deputados estaduais Tadeuzinho e Paulo Guedes ficaram em lados opostos. O candidato de Tadeuzinho ganhou uma eleição justamente contra Guedes. Na outra eleição, os candidatos apoiados pelos dois não tiveram êxito.
SECRETARIA COMANDADA POR MAIS DOIS DEPUTADOS DO NORTE
A Sedinor, que já teve o nome de Secretaria Estadual Extraordinária de Desenvolvimento dos vales do Jequitinhonha e Mucuri e Norte de Minas (Sedvan), também ficou sob o domínio de dois deputados da bancada do Norte de Minas, inclusive eles teriam sido nomeados e depois indicaram aliados para comandar o órgão.
A ex-deputada estadual Elbe Figueiredo Brandão deu as cartas nessa secretaria estadual e depois colocou aliados para responder pelo órgão de primeiro escalão do governo mineiro. Quem também esteve à frente da Sedinor foi o deputado estadual Gil Pereira e sua base de sustentação. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA

ASSASSINATO EM JANAÚBA: VÍTIMA MORREU AO SER ATINGIDA POR GOLPE DE FACA