JAÍBA, MATIAS CARDOSO E MAMONAS COMPLETAM 25 ANOS DE EMANCIPAÇÃO

Aniversário destas cidades será amanhã, dia 27 de abril

Foto Luiz MC
Cidade de Matias Cardoso, ao fundo o rio São Francisco.

Cidade de Jaíba, destaque a ponte sobre o rio Verde Grande.
Cidade de Mamonas: vista aérea.

JAÍBA (por Oliveira Júnior) – 27 de abril de 1992. Essa é a data em que Jaíba, Mamonas e Matias Cardoso, todos três na região da Serra Geral de Minas, se tornaram municípios. Portanto, amanhã, quinta-feira, dia 27, essas três localidades completarão 25 anos de emancipação político administrativa.
Mamonas pertencia ao município de Espinosa, na divisa de Minas Gerais com o estado da Bahia. No início, o povoado de Mamonas foi comandado pelo município de Grão Mogol, passando mais tarde a ser distrito do município do Rio Pardo de Minas; depois, do município de Boa Vista do Tremedal, hoje Monte Azul.
Em 7 de setembro de 1923, com a criação do município de Espinosa, Mamonas passou a ser distrito desta cidade, ficando nessa categoria até 26 de abril de 1992. Sua população estimada em 2016 era de 6.608 habitantes. A economia de Mamonas é a baseada na agricultura familiar e na produção de cachaça. Mamonas é uma cidade marcada por uma grande manifestação cultural, as festas juninas de São João são um grande exemplo da riqueza cultural da cidade.
MATIAS CARDOSO
Pela lei estadual nº 843, de 07 de setembro de 1923, o distrito de Nossa Senhora da Conceição de Morrinhos, foi transferido do município de Januária para formar o novo município de Manga com a denominação de Matias Cardoso.
Esse distrito foi elevado à categoria de município com a denominação de Matias Cardoso, pela lei estadual 10704, de 27 de abril de 1992, desmembrado de Manga.
O município fica na margem direita do rio São Francisco, com acesso pela MG-401, que liga Janaúba a Manga. Conforme a estimativa de 2016, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população estimada de Matias Cardoso era de 10.905 matienses.
Parte do projeto de irrigação Jaíba está situada no município de Matias Cardoso. O nome do município é uma homenagem ao bandeirante Matias Cardoso de Almeida, desbravador da região.
JAÍBA
A Colônia, ou o projeto de Colonização, teve seu início em 1949, quando ocorreram os primeiros assentamentos de colonos na região de Gado Bravo, na margem esquerda do rio Verde Grande. Nessa ocasião foi lançado o Projeto Jaíba, projeto de irrigação, localizado no município de Jaíba, com água captada do rio São Francisco, em sua margem direita.
No período de 1967 a 1976 houve grande avanço nas atividades econômicas do Projeto, que ocasionou o surgimento do povoado de Novo Horizonte, na margem direita do rio Verde Grande, município de Monte Azul.
O povoado cresceu rapidamente e foi transformado em distrito, através da Lei nº 6.769, de 13/05/1976, com o nome de Otinolândia. Em setembro de 1991 foi criado o distrito de Jaibênia, na margem esquerda do rio Verde Grande, município de Manga.
Em 20 de janeiro de 1992, a Lei Estadual nº 10.784 trouxe a emancipação do município, sendo que, partindo da margem direita do rio Verde até a Vila de Otinolândia, desmembrou uma parte de Monte Azul e da margem esquerda até a Vila Jaibênia, a área deixou de pertencer a Manga. Sua população estimada em 2016 era de 37.516 jaibenses

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA

ASSASSINATO EM JANAÚBA: VÍTIMA MORREU AO SER ATINGIDA POR GOLPE DE FACA