APÓS 25 DIAS DE REDUÇÃO, NÍVEL DE ÁGUA NA BARRAGEM DO BICO DA PEDRA SUBIU HOJE, 29 DE MARÇO

NOVA PORTEIRINHA (por Oliveira Júnior) – Chove na maioria dos municípios do Norte de Minas, esta semana. Pelo menos esse clima resulta em ânimo aos moradores temerosos por mais um longo período de seca e escassez de água até para o próprio consumo. Essa situação é vivenciada há muito nas comunidades da região e até assombra os habitantes da maior cidade do Norte de Minas, Montes Claros, que já adota medida de racionamento no fornecimento de água.
Nos demais municípios a situação não é diferente. É freqüente deparar com frota de caminhões-pipas no vai e vem pelas estradas levando água até os lugarejos desprovidos diante da falta de água nos mananciais de onde era feita a captação de água. Pelo menos neste fim de março houve um alento com as chuvas.
Além de possibilitar o “ressurgimento” de córregos e rios na região, a precipitação pluviométrica dos últimos dias contribuiu com a recuperação de água no lago da barragem do Bico da Pedra, distante em torno de cinco quilômetros das cidades de Janaúba e de Nova Porteirinha, na região da Serra Geral de Minas. A recuperação no nível foi mínima, mas o suficiente para manter a esperança de que a situação possa inverter.
Nos últimos 25 dias a represa do Bico da Pedra acumulou redução na sua quantidade de água. Foi quase meio metro de água a menos na barragem entre o dia 3 este mês e ontem, terça-feira, dia 28 de março. Contudo, na manhã de hoje, quarta-feira, 29, o cenário mudou. Houve a alta de 5 (cinco) centímetros no nível da represa formada no rio Gorutuba. Numa comparação ao dia 29 de março de 2016, nesta quarta-feira a barragem tem 3,95 metros a menos de água. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA

ASSASSINATO EM JANAÚBA: VÍTIMA MORREU AO SER ATINGIDA POR GOLPE DE FACA