PAPA NOMEIA O BISPO ITALIANO RICARDO GUERRINO BRUSATI, DE 70 ANOS, PARA COORDENAR A DIOCESE DE JANAÚBA; DOM RICARDO ESTAVA NA DIOCESE DE CAITITÉ E PODERÁ FICAR EM JANAÚBA POR 5 ANOS

Foto Caitité Notícias
Dom Ricardo Guerrino Brusati, novo bispo de Janaúba.
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Ao contrário do que ocorreu quando da nomeação de Dom José Mauro Pereira Bastos, primeiro bispo, e de Dom José Ronaldo Ribeiro, segundo bispo, o anúncio do novo e terceiro bispo da Diocese de Janaúba, nesta quarta-feira, dia 27 de maio, não teve tanto alarde. A Diocese de Janaúba foi criada em julho de 2000 e os dois primeiros coordenadores deixaram a instituição ao serem transferidos pelo Vaticano.
O Papa Francisco, que é argentino, oficializou na manhã de hoje, 27 de maio de 2015, o nome do bispo Ricardo Guerrino Brusati, que nasceu em Bellanzago Novarese, na Itália, em 11 de abril de 1945. Aos 70 anos de idade, Dom Ricardo foi transferido da Diocese de Caitité, na Bahia, para Janaúba, onde havia a vacância devido à transferência do Bispo Dom José Ronaldo, em novembro passado, para Formosa, Goiás.
Foto Oliveira Júnior
Dom José Mauro Pereira Bastos, primeiro bispo de Janaúba, no dia que recebeu a notícia da sua transferência da unidade gorutubana.
E a permanência do novo bispo na Diocese de Janaúba poderá ser de até cinco anos, é o tempo que ele falta para atingir a idade previsto pelo Código de Direito Canônico. Isso implica em dizer, caso não haja alteração nas normas, a Diocese de Janaúba poderá ter outro bispo – seria o quarto – em 2020, ocasião em que Dom Ricardo seria nomeado Bispo Emérito (aposentado). Assim aconteceu na Arquidiocese de Montes Claros com Don Geraldo Majela de Castro – faleceu no dia 14 de maio de 2015 – que foi bispo por quase 20 anos ininterruptos (de setembro de 1982 a abril de 2001) na Diocese de Montes Claros e primeiro arcebispo do Norte de Minas durante 6 anos (de julho de 2001 a fevereiro de 2007) e, diante da idade, sendo elevado a arcebispo emérito.
NOVO BISPO FICOU 12 ANOS NA DIOCESE BAIANA
O novo bispo de Janaúba, o italiano Dom Ricardo está há 12 anos no comando da Diocese de Caitité. Em Janaúba, Dom Mauro ficou na direção da Diocese por quase 06 anos (05 de julho de 2000 a 19 de abril de 2006) e Dom Ronaldo por 07 anos (06 de junho de 2007 a novembro de 2014). Dom Mauro morreu em setembro de 2006 em acidente na BR-381, ele era bispo de Guaxupé, Minas Gerais.
Ainda não tem data definida para a apresentação do religioso Dom Ricardo na Diocese de Janaúba. A expectativa é de que ele venha em junho para conhecimento da unidade e assume definitivamente a Diocese janaubense no prazo de dois meses, geralmente o período concedido para a transferência administrativa da Diocese de Caitité.
O lema de Dom Ricardo é: “Cantarei para sempre a misericórdia do Senhor”. Ele fez estudos religiosos em Novara e, antes de sua nomeação, era pároco em Paulo Afonso, na Bahia.
Foto Oliveira Júnior
Dom José Ronaldo Ribeiro, segundo bispo de Janaúba, no dia que se apresentou na Catedral de Janaúba.
NOVO BISPO TEM CONTERRÂNEO EM JANAÚBA
Dom Riccardo recebeu a ordenação presbiteral no dia 23 de junho de 1973. Foi nomeado bispo da Diocese de Caetité pelo Papa João Paulo II no dia 13 de novembro de 2002. Sua ordenação episcopal foi no dia 8 de fevereiro de 2003, pelas mãos de Dom Aloysio José Leal Penna SJ, Dom Renato Corti e Dom Antônio Alberto Guimarães Rezende CSS. Dom Ricardo é o 8º bispo da Diocese de Caitité que completará em outubro 102 anos de criação.
Em Janaúba, o novo bispo encontrará o conterrâneo Padre José Antista (Giuseppe Presinzano) que é italiano e está com 93 anos de idade. Mais antigo pároco deste município, Padre José, como é mais conhecido, mora em Janaúba há 52 anos.
SAI BRASIL E ENTRA ITÁLIA NA DIOCESE GORUTUBANA
O ato do Papa Francisco em nomear o italiano Dom Ricardo para a Diocese de Janaúba quebra a tradição de liderança brasileira guiar a igreja católica na área da unidade janaubense e também adia o anseio dos fiéis pela nomeação do Padre Henrique Alves de Oliveira Filho, o Padre Henrique, ao cargo de Bispo. Isso ocorre desde 2006 quando da transferência do primeiro bispo, Dom Mauro, para a Diocese de Guaxupé, Minas Gerais. Norte-mineiro de Brasília de Minas, Padre Henrique completará em outubro próximo 28 anos de sacerdócio em Janaúba, iniciando os trabalhos na paróquia de Nossa Senhora Aparecida e, desde a implantação da Diocese, coordena a paróquia do Sagrado Coração de Jesus, sede provisória da catedral e da mitra diocesana.
BISPO SOFREU ACIDENTE UM ANO ATRÁS
O Bispo Diocesano de Caetité, Dom Ricardo Guerrino Brusati, transferido hoje, 27 de maio de 2015, para a diocese de Janaúba, sofreu um acidente automobilístico na madrugada do dia 27 de abril de 2014. Ele retornava de compromissos católicos na cidade de Juazeiro, na Bahia, em uma Parati Volkswagen, cor prata, pertencente à diocese quando, próximo ao distrito de Suçuarana (município de Ituaçu), supostamente o motorista de prenome Reinaldo, perdeu o controle da direção, deixando o carro totalmente desgovernado, capotando por diversas vezes na pista. Apesar da gravidade do acidente, o bispo e o motorista saíram ilesos. (Fonte: Caitité notícias)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID