POLÍCIA

COMISSÃO APURA QUE PRESO EM JANAÚBA NÃO SABE QUEM O DEFENDE

Foto Oliveira Júnior

Deputado Durval Âneglo ouve os familiares de presos da cadeia de Janaúba.

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – O presídio de Janaúba encontra-se em situação de insalubre tanto para os presos quanto para os policiais que atuam no local. Essa situação foi constatada pelo presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa de Minas, deputado Durval Ângelo, que esteve na cadeia local na manhã do dia 8.
As famílias dos presos também queixaram das péssimas condições que os detentos são submetidos. Mães, esposas e parentes dos presos aproveitaram a visita do deputado para cobrar da comissão de Direitos Humanos providências. Atendo queixas do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil (Sindpol), a comissão verificou a superlotação carcerária, pois num espaço para 66 presos estão 187 detentos, dos 116 são condenados.
“Um dos presos nos disse que foi condenado a 5 anos e não sabe quem é o defensor (advogado) dele. Diante dessa situação, a comissão convocará o defensor geral do Estado a comparecer à Assembléia para explicar a situação da defensoria pública de Janaúba”, declarou o presidente. O diretor do presídio, Delegado Bruno Resende da Silva, contestou a reclamação dos presos de que não estariam recebendo visita de defensores. Segundo ele, há 30 dias foi realizado um mutirão da Defensoria Pública para atender todos os presos da unidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

ACIDENTE NA MG-401, PERTO DE JANAÚBA; UMA PESSOA MORREU E OUTRA FICOU FERIDA: CAMINHÃO TOMBOU

SISTEMA DE SAÚDE VERIFICA CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM JANAÚBA